Home Local Primeiro Comando de Massachusetts foi investigado por sete meses
Local - 05/03/2019

Primeiro Comando de Massachusetts foi investigado por sete meses

O Primeiro Comando de Massachusetts (PCM), uma perigosa gangue de brasileiros que chegou ao Estado há cerca de dois anos, era investigada há sete meses e tinha laços com as violentas quadrilhas no Brasil. Uma operação prendeu a quadrilha na quarta-feira, 24 de abril

Jehozadak Pereira

As atividades do PCM e de Marcio Costa, o ‘Marcinho’, 28 anos, o líder do bando foram seguidas por investigadores estaduais, locais e federais. Roubos, sequestros, tráfico de drogas e outras atividades ilícitas, inclusive tráfico de armas foram devidamente documentadas. Durante as investigações, vários membros da gangue foram identificados.

As autoridades acusam membros do PCM de diversos crimes e delitos, entre eles: – Em 9 dezembro de 2018, o delivery de uma pizzaria foi atacado por dois membros do PCM em Everett, que roubaram US$ 800 e o telefone celular que posteriormente foi localizado e uma impressão digital no aparelho permitiu que um dos ladrões fosse identificado; – Em 10 de janeiro de 2019, em Everett, dois homens foram assaltados à mão armada e forçados a entrar em um carro com outras quatro pessoas.

As vítimas que tiveram dinheiro e jóias roubados, identificaram dois membros do PCM; – Em 14 de janeiro de 2019, em Framingham, dois funcionários da Annie’s One Stop Laundry foram assaltados à mão armada. Um dos assaltantes passou-se por um cliente da loja. Um membro da gangue encontrou os funcionários no estacionamento e forçou-os a entrar em um carro, um Nissan branco, onde outros três homens estavam esperando. Dois membros de gangues apontaram armas para as vítimas e exigiram seus objetos de valor. O carro usado neste assalto foi conectado a outros roubos do PCM.

Um revólver usado no caso também foi conectado a um sequestro do PCM; – Em 16 de janeiro de 2019, membros da gangue fi zeram um roubo em um apartamento e as vítimas foram obrigadas a pagar US$ 100 cada um aos ladrões que foram embora depois disto; – Em 17 de janeiro de 2019, um posto de gasolina foi roubado em Weymouth por três homens armados que levaram dinheiro, cigarros e outros itens. Um atendente do posto, um homem de 64 anos, foi agredido a coronhadas por André da Rocha, então menor de idade, depois de tentar tirar a arma da mão do brasileiro.

Neste roubo, um dos membros do grupo feriu-se a si mesmo com um tiro acidental. Um dos participantes do assalto é Igor M. Costa (foto), 20 anos, que foi preso na operação contra a gangue; – Em 23 de janeiro de 2019, quatro membros da gangue assaltaram e roubaram um carro de um casal que aparentemente queriam comprar um carro do grupo. Neste e em alguns outros assaltos do grupo, estava um carro da Nissan; – Sequestro de uma adolescente em 7 de fevereiro de 2019, onde membros da gangue atraíram a jovem de uma residência em Peabody e a levaram para Revere e depois para Maynard.

Ela foi mantida na mira de uma arma enquanto membros da gangue tentavam usá-la para atacar um membro de uma gangue rival. A polícia de Maynard montou vigilância e prendeu um suspeito que portava uma arma deixando o local. Uma equipe tática da polícia entrou no apartamento do segundo andar e resgatou a garota que estava em um quarto; – Transações de armas de fogo entre novembro de 2018 a abril de 2019, onde membros da gangue foram pegos vendendo armas para pessoas em Somerville, Malden, Lowell e Chelsea.

Alguns dos negócios ocorreram em um estacionamento de um supermercado e o outro em um estacionamento público. Durante uma venda de armas, um membro da gangue disse a um agente encoberto que outro membro do PCM é procurado por assassinato no Brasil. Os membros da gangue falaram sobre um ataque em Connecticut, onde eles roubaram um trafi cante de drogas e mantiveram a fi lha do homem, com uma arma apontada para a sua cabeça.

Deixe um comentário

Leia também

Porta de carro-forte se abre e gera chuva de dólares em rodovia em Atlanta

Uma “chuva de dinheiro” causou problemas de trânsito, na quarta-feira, 10, em …