Home Brasil Jovem brasileiro, que mora nos EUA, é procurado suspeito por dopar e estuprar duas mulheres em Timóteo, MG
Brasil - Local - Policial - 2 semanas atrás

Jovem brasileiro, que mora nos EUA, é procurado suspeito por dopar e estuprar duas mulheres em Timóteo, MG

O rapaz, segundo a PM, mora nos EUA e está 'de passagem' pelo Brasil.

ESTADO DE MINAS – Um jovem de 18 anos que mora nos Estados Unidos é procurado pelas autoridades mineiras após denúncia de estupro contra duas mulheres – uma adolescente de 17 anos e uma jovem de 18. A Polícia Militar foi acionada pela assistência social do hospital onde as duas foram atendidas, nessa segunda-feira (22/11), sendo que o crime teria ocorrido um dia antes, no domingo, em Timóteo, no Vale do Aço.
Conforme o relato das duas jovens aos policiais, elas foram convidadas pelo rapaz para passear em um shopping na cidade vizinha de Ipatinga. Na sequência, os três foram à residência do jovem, em Timóteo. O rapaz, segundo a PM, mora nos EUA e está de passagem pelo Brasil.
As vítimas disseram então que, logo após tomar bebida alcoólica, passaram a não se lembrar de muitos detalhes – apenas flashes do homem “em cima” de uma e, em seguida, de outra. Elas alegam que não tiveram força para repelir o suspeito.

Na manhã seguinte, a adolescente notou um sangramento na parte íntima. A jovem, por sua vez, afirmou que mandou mensagens ao rapaz para perguntar o que ocorreu durante a noite, mas ele as ignorou.

No hospital, a equipe médica constatou fissuras na parte íntima da vítima adolescente.

A Polícia Militar realizou um rastreamento dos possíveis locais onde o acusado poderia ser encontrado, mas sem êxito. As vítimas também não conseguem identificar o local exato da residência.
As autoridades afirmam que continuam as buscas já que, por o suspeito ser morador dos EUA, temem que ela possa sair do país a qualquer momento. Procurada, a Polícia Civil afirmou que “adotou todas as providências iniciais cabíveis para apurar a notícia do crime de estupro”.

“Três pessoas já prestaram declarações, entre elas, as vítimas e o pai de uma delas. Após as oitivas, as vítimas foram encaminhadas ao Posto Médico Legal do município para realização dos exames periciais, e a investigação prossegue para elucidação completa dos fatos. Até o momento, não houve prisão”, afirmou a instituição, por nota (leia a íntegra abaixo).

Nota da Polícia Civil

“Assim que acionada, nesta terça-feira (23), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) adotou todas as providências iniciais cabíveis para apurar a notícia do crime de estupro em Timóteo. A autoridade responsável instaurou o Inquérito Policial e, até o momento, três pessoas já prestaram declarações, entre elas, as vítimas e o pai de uma delas. Após as oitivas, as vítimas foram encaminhadas ao Posto Médico Legal do município para realização dos exames periciais, e a investigação prossegue para elucidação completa dos fatos. Até o momento, não houve prisão”.

Deixe um comentário

Leia também

Primeiros imigrantes são enviados de volta ao México na retomada do esquema “Fique no México” da era Trump

JSNEWS (Com Reuters e APNEWS) – Dois imigrantes foram devolvidos ao México pelas aut…