Home Local Jornais locais continuam sendo a mídia importante nas comunidades
Local - 10/18/2019

Jornais locais continuam sendo a mídia importante nas comunidades

Mesmo afetados economicamente, contam as histórias comunitárias

O Nieman Lab, empresa de relatórios on-line focada no futuro das notícias e da inovação, associada à Nieman Foundation, publicou um relatório mostrando como, embora os jornais comunitários sejam cada vez mais afetados pelos orçamentos, eles são de grande importância para as comunidades. Os jornais comunitários sempre foram o epicentro dos ecossistemas locais de notícias, de onde vem a maioria dos relatórios que atendem às comunidades.

No entanto, eles também foram particularmente afetados pelos desafios econômicos enfrentados pelo jornalismo local, o que levanta questões sobre se esses jornais continuam sendo os eixos das notícias em suas comunidades e se outros tipos de mídia estão prontos para ocupar os seus lugares. Para a preparação da pesquisa, a organização estudou quais tipos de mídia são os produtores mais importantes de jornalismo em 100 comunidades nos Estados Unidos com amostras aleatórias.

Esses resultados são uma continuação de pesquisas anteriores, nas quais eles produziram um inventário de todas as mídias. Focalizados nessas 100 comunidades, reuniu uma semana de notícias encontradas nas home pages dessas mídias (mais de 16.000 histórias no total).

Eles então analisaram essas histórias para determinar se cumpriam cada um dos três critérios a seguir: 1) se era a história original; 2) se era a história local; e 3) se a história abordou uma necessidade crítica de informação. Os resultados mostram, de maneira bastante convincente, que, apesar das dificuldades econômicas sofridas pelos jornais comunitários, eles ainda são de longe os fornecedores mais importantes de jornalismo em suas comunidades.

E, embora exista grande esperança e expectativa de que novas fontes de jornalismo online surjam para compensar os cortes e fechamentos que afetam os jornais comunitários, os resultados do estudo mostraram que isso ainda não foi realizado. No final da investigação, descobriu-se que, embora os jornais comunitários representassem aproximadamente 25% da mídia local na amostra, eles representavam quase 50% das notícias originais no banco de dados.

Os jornais comunitários também produziram quase 60% das notícias locais, apesar de sua baixa representação, explicada acima. Essencialmente, os jornais comunitários criaram mais reportagens locais nas comunidades estudadas do que a televisão, o rádio e a mídia on-line juntos. Os jornais de cada área também produziram pouco mais de 38% das matérias que abordavam uma necessidade crítica de informações.

A mídia local finalmente respondeu por quase 60% das matérias catalogadas nos três critérios: necessidades locais, originais e críticas de informação. Em resumo, de acordo com todas as variáveis utilizadas para avaliar a produção jornalística local, os jornais comunitários tiveram desempenho excessivo em relação à sua importância na mídia local.

Embora os jornais de grande legado tenham declinado, certamente ainda não foram substituídos como produtores vitais do jornalismo comunitários. E a longa espera pelo surgimento de mídias que funcionam apenas online como fornecedores de notícias comparáveis de áreas específicas ainda parece distante.

Fonte: ElPlaneta.com

Deixe um comentário

Leia também

Ataque a tiros em escola mata dois e deixa três feridos

P elo Twitter, o departamento de xerife de Santa Clarita, que fi ca a 30 milhas de Los Ang…