Home Local Contractor brasileiro é preso por não pagar salários a trabalhadores
Local - 10/30/2021

Contractor brasileiro é preso por não pagar salários a trabalhadores

JEHOZADAK PEREIRA/ ANOTICIAUSA
Uma operação que teve a participação de oficiais de Justiça brasileiros (Constables), e do Departamento de Polícia Malden, prenderam na manhã de sexta-feira, 15, o brasileiro Célio dos Santos, em cumprimento a duas ordens de prisão civil na cidade de Malden.

O réu Célio dos Santos foi preso, depois de ser considerado culpado de contratar pessoas para trabalhar e não pagar a eles os respectivos salários e ignorar a decisão do tribunal.
Os trabalhadores que processaram Célio dos Santos tiveram o apoio e suporte do Grupo Mulher Brasileira (GMB), e foram representados no tribunal pela Justice at Work, uma agência de advogados non-profi t que apoia grupos como o GMB nas suas pautas em prol do trabalhador imigrante. Célio dos Santos foi alvo de uma reportagem publicada no ano passado pelo 7 News, dando conta de irregularidades cometidas por ele na contratação de serviços de construção para terceiros.

A reportagem publicada em novembro de 2020, conta a história de um morador de Randolph que pagou a Santos por um serviço nunca executado.

A empresa de Santos, a Boston Smart Builders tinha contra si na época cerca de nove reclamações, além de ter recebido mais de US$ 77 mil por trabalhos que não foram executados, os processos estavam na responsabilidade do Gabinete da Procuradora-Geral de Massachusetts.

A investigação do 7 News apontou também dois processos cíveis de uma obra que nunca fora executada. Célio dos Santos foi solto na segunda-feira, 18, depois de pagar uma fi ança para responder aos processos em liberdade. A reportagem não conseguiu localizar Célio dos Santos para ouvir sua versão dos fatos.

Deixe um comentário

Leia também

Primeiros imigrantes são enviados de volta ao México na retomada do esquema “Fique no México” da era Trump

JSNEWS (Com Reuters e APNEWS) – Dois imigrantes foram devolvidos ao México pelas aut…