Home Local Acidente em freezer mata trabalhador brasileiro
Local - 3 semanas atrás

Acidente em freezer mata trabalhador brasileiro

O brasileiro Julio Cesar Costa, foi encontrado morto dentro de um freezer em uma empresa de processamento de peixes em Braintree, na região do South Shore, na manhã da quinta-feira, 14

O Gabinete do Advogado do Condado de Norfolk disse que os trabalhadores da Channel Fish Processing encontraram Julio Cesar num freezer comercial logo após a meia-noite. O brasileiro foi levado às pressas para um hospital onde foi declarado morto.

Mais tarde, ele foi identificado como Julio Cesar Costa, 45, de Everett, conforme consta em seu perfil em uma rede social. A empresa Channel Fish divulgou um comunicado confirmando que Costa era o proprietário da Big Star Cleaning, uma empresa localizada em Everett com quem a Channel faz negócios. Um porta-voz do promotor público, disse Costa estava trabalhando na área de processamento, no momento do acidente.

O Gabinete do Médico legista-chefe disse que “a causa e o modo de sua morte são indeterminados, dependendo de estudos e exames adicionais”. Os investigadores disseram que não havia sinais aparentes de trauma. “Estamos profundamente tristes com essa tragédia e estendemos nossa profunda simpatia à família, amigos e colegas de trabalho da Big Star Cleaning”, disse Roy Zaffiro, CEO do Channel Fish no comunicado.

Ele disse que a empresa está cooperando com a Occupational Safety and Health Administration (OSHA), a Massachusetts State Police e as autoridades locais em sua investigação. Julio era natural de Maringá, no Paraná e vivia nos Estados Unidos há 18 anos. A morte de Julio Cesar foi lamentada nas redes sociais por seus amigos. Com informações do The Brazilian Post.

ALGUNS OUTROS CASOS
Nos últimos anos alguns brasileiros perderam suas vidas em acidentes do trabalho. O Centro do Trabalhador Brasileiro em convênio com a OSHA promove periodicamente cursos de segurança no trabalho onde é ministrado preceitos para evitar acidentes.

ELVIS ALMEIDA RIBEIRO
O brasileiro Elvis Almeida Ribeiro, 49 anos, morreu no dia 7 de maio de 2019, enquanto trabalhava na marmoraria Quarry Industries em Hyannis, Cape Cod, Massachusetts. Ele foi atingido por um bloco de mármore quando o removia. Elvis trabalhava há dois meses na companhia que é de propriedade de um empresário brasileiro.

ANTONIO DESOUZA
O brasileiro Antonio DeSouza, 45 anos, morador em Nashua, Estado de New Hampshire, morreu no dia 19 de setembro de 2017, soterrado sob os escombros de uma casa onde trabalhava em New Boston, também Estado de New Hampshire.

Um vazamento de gás propano provocou um incêndio e uma explosão, e Antonio, o Toninho como era conhecido chegou a telefonar pedindo socorro para os serviços de emergência que não tiveram tempo de retirá-lo do basement onde estava trabalhando, provocando a sua morte. Antonio, era natural de Governador Valadares, e morava nos Estados Unidos por 17 anos, e era cidadão americano. Toninho era pintor, embora fosse dono de uma companhia, estava trabalhando com outra empresa, na residência que estava em fase fi nal de construção.

Deixe um comentário

Leia também

Uber tem cerca de 6 mil denúncias de agressões sexuais nos EUA entre 2017-2018

Cerca de seis mil agressões sexuais foram relatadas entre 2017 e 2018 por usuários e motor…