Home Internacional Variante Delta: Japão declara estado de emergência em Tóquio
Internacional - Novo Normal - Saúde - 2 semanas atrás

Variante Delta: Japão declara estado de emergência em Tóquio

A duas semanas da cerimônia de abertura da Olimpíada, em 23 de julho, o número de infecções por coronavírus aumenta em Tóquio, com considerável avanço dos casos da variante Delta

AFP – O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, anunciou nesta quinta-feira (8) que será declarado estado de emergência em Tóquio, mais uma vez, e este “status” permanecerá em vigor até 22 de agosto, durante os Jogos Olímpicos.

A apenas duas semanas da cerimônia de abertura, em 23 de julho, o número de infecções por coronavírus aumenta na capital japonesa, com considerável avanço dos casos da variante Delta.

“Vamos declarar estado de emergência em Tóquio”, disse Suga, em uma reunião de governo dedicada às medidas sanitárias, acrescentando que vai durar até 22 de agosto, quase três semanas depois do encerramento dos Jogos, em 8 de agosto.

Ainda conforme o premiê, o governo poderá, no entanto, suavizar as restrições, “se os efeitos da campanha de vacinação forem claros, e se assistirmos a uma melhora da situação”.

Pouco antes, o ministro japonês encarregado da gestão da pandemia da covid-19, Yasutoshi Nishimura, já havia informado que “o número de novos casos continua aumentando em Tóquio”.
“Com o aumento da circulação de pessoas, a variante Delta, mais infecciosa, representa agora cerca de 30% dos casos. Espera-se que este número vá continuar aumentando”, acrescentou Nishimura.

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, chegou ao Japão nesta quinta-feira. Ele deve participar de uma reunião com o comitê organizador local, com representantes do governo japonês e com autoridades da prefeitura de Tóquio para discutir a questão da presença de público durante as provas.

Apesar deste quadro, no Japão, as medidas de emergência contra o coronavírus são muito menos rígidas do que os confinamentos impostos em outras partes do mundo. Entre elas, estão o limite de venda de bebida alcoólica e a obrigação, válida para bares e restaurantes, de fecharem mais cedo.

As restrições também se dirigem a eventos culturais e esportivos, um tema-chave faltando duas semanas para o início dos Jogos Olímpicos.

Em torno de 11.000 atletas de cerca de 200 países são esperados para os Jogos de Tóquio, adiados no ano passado por causa da pandemia.

Segundo Nishimura, o novo estado de emergência sanitária estabelecerá um limite de cinco mil espectadores, ou 50% da capacidade do local, o número que for menor, nestes locais.

Embora o arquipélago japonês tenha sido relativamente pouco afetado pela pandemia da covid-19, com cerca de 14.900 mortes registradas oficialmente desde o início de 2020, seu programa de vacinação avança de forma bastante lenta.

Pouco mais de 15% da população foi totalmente vacinada até agora. Os especialistas temem que a variante Delta possa deflagrar uma nova onda, pressionando e sobrecarregando os hospitais japoneses.

Deixe um comentário

Leia também

Abertura das Olimpíadas tem estádio vazio e protestos

A cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio foi realizada nesta 6ª feira, 23, com o e…