Home Bizarro Supermercado tenta proibir entrada de pessoas com máscaras para “evitar roubos”
Bizarro - Internacional - Novo Normal - Política - Saúde - 3 semanas atrás

Supermercado tenta proibir entrada de pessoas com máscaras para “evitar roubos”

RFI – Radio France Internationale: Uma loja da rede de supermercados Carrefour na região sudeste da França decidiu tentar impedir que seus consumidores entrassem usando máscaras por “razões de segurança”. Apesar de a proteção sanitária não ser mais obrigatória em comércios do país, a França continua a registrar cerca de 50 mil casos positivos diários de Covid-19.

Em uma unidade do Carrefour na cidade de Grenoble, o gerente colocou um cartaz na porta com os dizeres : “Máscaras proibidas”. O texto evoca uma lei de 2010 para justificar o pedido para que os clientes “mantenham seus rostos descobertos no estabelecimento”.

Uma foto do cartaz foi publicada nas redes sociais no último domingo (1°) e provocou indignação.

Ao ser questionado pelo jornal francês Libération, o gerente da loja confirmou ter colocado o cartaz e afirmou se tratar de uma medida de segurança para evitar roubos. “Enquanto havia a obrigação, as pessoas que roubam como as que não roubam deviam usar máscaras. Quando acontecia um roubo, nós não tínhamos provas [para mostrar à polícia]”, argumenta. “Agora que a máscara não é mais obrigatória, é preciso estar reconhecível dentro de um estabelecimento público.”

Na França, o uso de máscaras em estabelecimentos comerciais públicos não é mais obrigatório desde 14 de março. No entanto, as autoridades sanitárias do país continuam a recomendar seu uso, “para pessoas vulneráveis”, em locais fechados ou com grande frequentação.

no transporte público e em centros de saúde, o uso do acessório de proteção continua sendo obrigatório.

A rede Carrefour, por sua vez, diz que o cartaz já foi removido e que ele contraria as diretrizes do grupo.

Com 80% dos franceses vacinados contra a Covid-19, o país deixou as principais restrições sanitárias no mês de março. No entanto, a circulação do vírus continua, com cerca de 50 mil casos diários registrados pelo Ministério da Saúde. Atualmente, o país tem 1,6 mil pacientes internados na UTI devido à doença.

Deixe um comentário

Leia também

Sport Total – De canela

Por: Alfredo Melo – info@jornaldossportsusa.com 1 Os profissionais do futebol contin…