Home Imigração Operações do ICE contra indocumentados são menores do que o esperado
Imigração - 07/19/2019

Operações do ICE contra indocumentados são menores do que o esperado

Não houve ataques maciços, mas o governo Trump criou um alerta permanente, dizem ativistas

Embora não houvesse relatos de grandes ataques e deportações, os ativistas dizem que o governo Trump está procurando as condições certas para realizá-los. As deportações em massa anunciadas pelo presidente Donald Trump não ocorreu na escala prometida por ele, mas sua atenção de alguma forma minimizou efeito na medida em que o presidente confirmou após relatos da imprensa, a fi m de retornar os imigrantes ilegais ao seu países de origem. Os ataques foram avisados por Trump em junho. Ele lançou a ameaça ao mesmo tempo em que instava o Congresso a mudar a lei de asilo e o que ele define como ‘brechas’ legais que permitem que os migrantes cheguem à fronteira em busca de asilo.

Segundo o presidente, ‘lacunas’ ou ‘vazios’, ‘leis e acordos legais’ criadas para proteger os menores de tráfico de seres humanos e abuso no governo federal, vai amarrar as mãos para prendê-los em massa e deportá-los em um acelerado. O Departamento de Justiça exige que os juízes de imigração que decidam o futuro dos requerentes de asilo e de quaisquer países não fronteiriços menores apreendidos na fronteira, e de proibir o governo federal de deter uma criança enquanto os tribunais de imigração resolvem seus casos. No domingo, 14, Trump atacou novamente as proteções em sua conta no Twitter: “… Desculpe, não posso deixá-los entrar em nosso país.

Se estiver muito cheio, diga-lhes para não virem para os EUA. E diga aos democratas para corrigir as lacunas: problema resolvido!” O jornal New York Times disse recentemente que apenas ‘algumas prisões foram feitas e foram relatadas em apenas algumas cidades’. Isso foi muito diferente da demonstração de força nacional que havia sido originalmente planejada, na qual os agentes do ICE deveriam se posicionar em uníssono na manhã de domingo nas comunidades de imigrantes das grandes cidades.

Em entrevista ao The Washington Post neste domingo, Matthew Albenceel, diretor interino do ICE, recusou-se a confirmar se uma operação nacional de detenção estava em andamento. “Não há nada que eu diga que coloque em risco meus agentes. Operacionalmente, nunca iremos divulgar detalhes que possam colocar nossos funcionários em maior risco do que eles já enfrentam neste ambiente tóxico”, disse Albenceel. Analistas dizem que a intenção de Trump é gritar sobre o assunto e provocar pânico entre a comunidade imigrante, sem se importar com o que possa acontecer.

O presidente dos Estados Unidos exerce profunda pressão sobre as autoridades mexicanas e de outros países América Central para que barrem a verdadeira horda de imigrantes que caminham em direção ao norte. Trump exigiu que o México modificasse suas leis de imigração oferecendo asilo para as pessoas que querem vir para os Estados Unidos a qualquer preço.

O certo até agora é que a intenção de Trump é jogar para a platéia, mesmo que na prática não vá a lugar algum, mesmo porque há uma unanimidade de que é humanamente impossível deportar o imigrante indocumentado dos Estados Unidos. Contudo, as operações do ICE em maior ou menor escala não param. O que interessa a Trump é ter material para a sua campanha de reeleição em 2020.

Deixe um comentário

Leia também

EUA perde 38,6 milhões de empregos

Os Estados Unidos alcançaram na quinta-feira, 21, 38,6 milhões de pedidos de auxílio-desem…