Home Biden Governo de Biden começa a reunir famílias de migrantes separadas por Trump
Biden - Imigração - 05/03/2021

Governo de Biden começa a reunir famílias de migrantes separadas por Trump

JSNEWS – O governo Biden disse na segunda-feira que quatro famílias que foram separadas na fronteira com o México durante a presidência de Donald Trump se reunirão nos Estados Unidos esta semana no que o secretário de Segurança Interna, Alejandro Mayorkas, chama de “apenas o começo” de um processo mais amplo.

Duas das quatro famílias incluem mães que foram separadas de seus filhos no final de 2017, uma hondurenha e outra mexicana, disse Mayorkas, que não quiseram detalhar suas identidades.

As famílias poderão entrar nos EUA por meio de um processo de emergência chamado de “liberdade condicional humanitária”, explicou Michelle Brane, que lidera um grupo de trabalho criado por Biden com o objetivo de reunir os parentes separados, em uma entrevista coletiva no domingo.Nestes casos de que estamos falando esta semana, as crianças estão nos Estados Unidos e os pais estão vindo para se juntar a eles“,  disse Brane. “O Departamento de Segurança Interna está averiguando se eles podem receber o status de permanência de longo prazo“, acrescentou.

Mais de 5.000 crianças foram separadas de seus pais durante a administração Trump desde 1º de julho de 2017, muitas delas sob uma política de “tolerância zero” para processar criminalmente qualquer adulto que entrou ilegalmente no país. O governo Biden está fazendo sua própria contagem, desde a posse de Trump em janeiro de 2017 e, de acordo com Brane, acredita que mais de 1.000 famílias continuam separadas.

Embora a separação familiar sob “tolerância zero” tenha terminado em junho de 2018 por ordem judicial, Biden repetidamente atacou a prática como um ato de “crueldade”. Uma ordem executiva em seu primeiro dia de mandato prometeu reunir as famílias que ainda estavam separadas “na medida do possível”. As reunificações começam quando o governo Biden enfrenta um grande aumento de crianças desacompanhadas que chegam à fronteira dos Estados Unidos com o México. Na quinta-feira passada o DHS tinha 22.557 crianças sob seus cuidados.

Deixe um comentário

Leia também

Prefeitura do Rio planeja um ano de festas para celebrar reabertura

AGENCIA BRASIL – O prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes anunciou na quinta, 29, q…