Home Biden Estados Unidos e México anunciam operação para combater tráfico humano na fronteira
Biden - Imigração - 04/28/2021

Estados Unidos e México anunciam operação para combater tráfico humano na fronteira

Em contraposição à dura política antimigratória de seu antecessor, Donald Trump, Biden aposta em gerenciar a migração de forma "eficaz, segura e humana", com um plano integral em cooperação com o México e os países centro-americanos, origem da maioria dos migrantes sem documentos

JSNEWS – A Casa Branca anunciou nesta quarta-feira,28, o início de uma operação em conjunto contra o tráfico de imigrantes na fronteira entre os dois países, a operação faz parte dos esforços para combater a imigração ilegal.

O anúncio foi feito pelo Secretário de Segurança Nacional, Alejandro Nicholas Mayorkas, que não deu mais detalhes sobre a “Operação Sentinela”, limitando-se a dizer que seu propósito é “desmantelar as organizações criminosas transnacionais que introduzem clandestinamente os migrantes” nos Estados Unidos.

Mayorkas acrescentou que vai haver “ações específicas” para lidar com traficantes de pessoas que vai desde a pena de prisão, a revogação da documentação (caso seja imigrante), e o congelamento de ativos financeiros nos EUA.

Varias outras agencias federais  estão envolvidos na operação.

Alejandro Mayorkas antecipou que as medidas serão colocadas em práticas nas próximas semanas e “melhorarão a fronteira dos Estados Unidos e ajudarão a salvar a vida dos migrantes vulneráveis”.

Já o diretor interino do Gabinete Aduaneiro e de Proteção Fronteiriça, Troy Miller, detalhou que só este ano fiscal aquela agência federal “resgatou4.766 imigrantes na fronteira com o México, face ao 5.232 registados no ano fiscal de 2020.

Violações, abandono de crianças e maus-tratos são algumas das denúncias imputadas às organizações responsáveis pelo tráfico humano.

Em contraposição à dura política antimigratória de seu antecessor, Donald Trump, Biden aposta em gerenciar a migração de forma “eficaz, segura e humana”, com um plano integral em cooperação com o México e os países centro-americanos, origem da maioria dos migrantes sem documentos.

Mais de 172.000 imigrantes em situação irregular, inclusive quase 19.000 menores desacompanhados, foram detidos em março na fronteira sul dos Estados Unidos, um aumento de 71% em um mês e o nível mais alto em 15 anos.

Deixe um comentário

Leia também

Prefeitura do Rio planeja um ano de festas para celebrar reabertura

AGENCIA BRASIL – O prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes anunciou na quinta, 29, q…