Home EUA Trump publica vídeo afirmando fraude eleitoral, após um mês da eleição
EUA - 12/04/2020

Trump publica vídeo afirmando fraude eleitoral, após um mês da eleição

O presidente Donald Trump, publicou na quarta-feira 2 um vídeo de 46 minutos alegando, sem provas, que houve fraude eleitoral na disputa pela Casa Branca, há um mês. Escalando seu ataque à democracia, declarou que o sistema eleitoral do país está “sob ataque e cerco coordenados”, argumentando que era “estatisticamente impossível” ele ter perdido para Joe Biden.

Em um monólogo combativo, que o Twitter rotulou como “duvidoso”, o republicano voltou a defender a reversão de sua derrota, mesmo após a rejeição de suas contestações judiciais em tribunais. Estados- -chave como Geórgia, Michigan, Pensilvânia, Wisconsin e Arizona já confirmaram pela segunda vez a vitória de Biden. Até mesmo Trump autorizou na semana passada que seu governo cooperasse com a equipe de transição de Biden.

Mesmo assim, recusou-se a admitir oficialmente os resultados e ontem ameaçou obstruir uma transferência pacífica de poder. “Esta eleição foi fraudada. Todo mundo sabe disso”, disse Trump, no vídeo. “Se não erradicarmos a fraude, a fraude tremenda e horrível que ocorreu em nossa eleição de 2020, não teremos mais um país”, completou, acusando de conspiração a empresa Dominion Voting Systems, que fabrica urnas eletrônicas usadas em muitos estados.

Não há evidências de que os votos foram comprometidos, e a empresa disse que não há mérito nas alegações de Trump. Biden obteve 306 votos do colégio eleitoral contra 232 de Trump, e no voto popular, Biden lidera com 80,9 milhões contra 74 milhões de Trump.

Desde o pleito do dia 3 de novembro, o republicano limita ao máximo suas aparições públicas, limitando sua comunicação a tuítes furiosos sobre supostas fraudes – que até alguns de seus aliados, como o secretário de Justiça, William Barr, refutam.

O vídeo publicado na quarta-feira contém seus comentários mais abrangentes sobre a eleição até agora e frustra a esperança de que o presidente estivesse aceitando sua perda aos poucos. Apesar dos fracassos nos tribunais, a briga está rendendo frutos. Por meio de apelos enganosos e notícias falsas, a campanha do republicano arrecadou mais de US$ 170 milhões de seus apoiadores desde o dia da eleição – uma realidade alternativa, segundo o jornal The Washington Post.

Deixe um comentário

Leia também

Secretário de Justiça diz que não há evidências de fraudes em eleições presidenciais

O secretário de Justiça William Barr, desmentiu o presidente Donald Trump, na terça-feira,…