Home Biden Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA têm alta moderada com aperto no mercado de trabalho
Biden - Economia - EUA - Local - 12/16/2021

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA têm alta moderada com aperto no mercado de trabalho

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram em 18 mil, para 206 mil em dado ajustado sazonalmente, na semana encerrada em 11 de dezembro, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. As solicitações haviam caído para 188 mil na semana anterior.

REUTERS – O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego aumentou de forma moderada na semana passada, permanecendo em níveis consistentes com aperto nas condições do mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram em 18 mil, para 206 mil em dado ajustado sazonalmente, na semana encerrada em 11 de dezembro, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. As solicitações haviam caído para 188 mil na semana anterior.

Economistas consultados pela Reuters previam 200 mil solicitações para a última semana. Os pedidos caíram ante um recorde de 6,149 milhões registrado em abril de 2020.

As solicitações geralmente aumentam durante a temporada de fim de ano, à medida que as empresas fecham temporariamente, mas uma escassez aguda de trabalhadores interrompeu esse padrão sazonal, resultando em grandes quedas nos números de pedidos ajustados sazonalmente nas últimas semanas.

Volatilidade nas solicitações devido ao final do ano à parte, o mercado de trabalho está se fortalecendo. O Federal Reserve, o banco central dos EUA, reconheceu isso na quarta-feira, ao anunciar que encerrará suas compras de títulos da era da pandemia em março e abrirá caminho para três aumentos de 0,25 ponto percentual cada nos juros até o final de 2022.

O chair do Fed, Jerome Powell, disse a repórteres que a economia norte-americana está “fazendo rápido progresso em direção ao pleno emprego.”

Havia um recorde de 11,0 milhões de postos de trabalho em aberto no final de outubro nos EUA, enquanto a taxa de desemprego caiu para uma mínima em 21 meses de 4,2% em novembro. Há sinais de que a escassez de trabalhadores está começando a diminuir.

Uma pesquisa sobre procura de emprego da empresa Indeed Hiring Lab, divulgada na quarta-feira, mostrou que a parcela da população ativamente em busca de trabalho remunerado aumentou em dois pontos percentuais, para 29,1%, em novembro em relação ao mês anterior.

O aumento refletiu um salto entre a parcela de desempregados, que atingiu seu patamar mais alto desde o início da pesquisa, em junho. Mas um aumento nas infecções por Covid-19 e a variante Ômicron do coronavírus podem desencorajar algumas pessoas a procurar trabalho.

Deixe um comentário

Leia também

Sport Total – De canela

Por: Alfredo Melo – info@jornaldossportsusa.com 1 Os profissionais do futebol contin…