Home Comunidade Nova York tem 7 mortes e declara estado de emergência por tempestade Ida
Comunidade - EUA - Local - 3 semanas atrás

Nova York tem 7 mortes e declara estado de emergência por tempestade Ida

Ao menos 7 pessoas morreram na cidade e 2 em Nova Jersey. Tormenta causa inundações, alaga e interrompe linhas do metrô e deixa estradas intransitáveis. Há alerta de tornados.

JSNEWS – Ao menos sete pessoas morreram em Nova York após as súbitas chuvas torrenciais na noite dessa quarta-feira,01, que provocaram grandes inundações, informou a polícia. Duas mortes foram relatadas no estado vizinho de Nova Jersey.

A governadora do estado de Nova York, Kathy Hochul, e o prefeito da cidade, Bill de Blasio, declararam estado de emergência após as inundações, que aconteceram após a passagem do furacão Ida e podem afetar quase 20 milhões de pessoas.

“Estou declarando estado de emergência para ajudar os nova-iorquinos afetados pela tempestade desta noite”, tuitou Hochul depois que Ida, que atingiu o sul dos Estados Unidos no domingo como furacão de categoria 4, provocou tornados e inundação enquanto seguia na direção norte.

“Procurem refúgio AGORA. Destroços que voam serão perigosos para aqueles surpreendidos sem abrigo. Procure um andar inferior e permaneçam longe das janelas”, escreveu no Twitter o comitê de informações sobre emergências da cidade de Nova York.

Estado de emergência
O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, declarou estado de emergência na cidade na noite de quarta, depois das chuvas provocadas pela tempestade. Para ele, trata-se de um “evento climático histórico”.

Praticamente todas as linhas do metrô de Nova York tiveram a circulação interrompida após a tempestade provocada pelo furacão Ida no sul dos Estados Unidos, causando inundações e tornados em alguns estados do nordeste do país, como York e Nova Jersey, onde o estado de emergência também foi decretado, além da Pensilvânia.

Em Nova York, a circulação da maioria dos veículos foi interrompida até 5h da tarde. De acordo com a correspondente da RFI em Nova York, Loubna Anaki, mais de 200 mm de água caíram em alguns locais, o equivalente a um mês de precipitações. A chuva também inundou a garagem de alguns nova-iorquinos, diz, que ficaram com água até os joelhos.

Muitas pessoas ficaram sem ter como voltar para casa, com o fechamento das estradas, túneis ou vias expressas. Um jogo de tênis da US Open foi interrompido.

Além disso, centenas de voos foram cancelados nos aeroportos de Newark, LaGuardia e JFK. As inundações bloquearam grandes avenidas em diferentes áreas da cidade, incluindo Manhattan, Bronx e Queens.

15 mortos até agora
Antes das nove mortes em Nova York e Nova Jersey, a tormenta havia deixado seis vítimas em três estados: duas na Louisiana, duas no Mississippi e duas no Alabama.

No Alabama, dois eletricistas morreram quando consertavam danos causados à rede elétrica na terça-feira (31).

* Com informações da AFP e RFI

Deixe um comentário

Leia também

Bolsonaro cumprirá quarentena determinada pela Anvisa

COM R7 – O presidente Jair Bolsonaro cumprirá a norma de quarentena determinada pela…