Home EUA Não caia em golpes financeiros
EUA - 08/17/2018

Não caia em golpes financeiros

O Federal Trade Commission (FTC) constantemente emite alertas e avisos sobre golpes financeiros contra pessoas e em especial contra o sistema financeiro

Jehozadak Pereira

Invariavelmente as fraudes acontecem através de ligações telefônicas com ameaças, muita pressão e que providências sejam tomadas de imediato, pedindo informações financeiras, números de cartões de crédito e de débito, gift cards e/ou o envio de dinheiro através de money order. Tudo começa quando a pessoa recebe uma mensagem de texto, uma ligação ou um e-mail de alguém que se diz agente do governo, que alega ser uma autoridade e diz que a pessoa tem uma multa para pagar com urgência.

Ou que é do Internal Revenue Service (IRS), dizendo que a pessoa deve milhares de dólares em impostos atrasados e ameaçam com ação legal, deportação ou prisão se não pagar ou fornecer suas informações financeiras. Estes são golpes e os golpistas tentarão fazer parecer legítimo. Eles podem fornecer um número de distintivo, ou até mesmo saber informações como os últimos quatro dígitos do seu número da Previdência Social de quem tiver. Um código de área de Washington, DC vai aparecer no seu identificador de chamadas o que pode parecer convincente.

Contudo, o número que aparecer no identificador de chamadas pode ser falso. Se alguém ligar, enviar mensagens de texto ou e-mails dizendo que são de alguma repartição federal ou estadual e que você deve pagar algum valor, não se deixe enganar. Desligue o telefone imediatamente e se insistirem nas ligações não atenda.

Repartições públicas ou mesmo o IRS não agem deste modo e forma. Nenhuma agência governamental ameaçará você ou exigirá pagamento de dinheiro imediatamente por qualquer modo ou modalidade. Nem todas as fraudes financeiras são reportadas ao FTC e estima-se que os prejuízos sejam de cerca de US$ 2 bilhões por anos.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Leia também

Secretário de Justiça diz que não há evidências de fraudes em eleições presidenciais

O secretário de Justiça William Barr, desmentiu o presidente Donald Trump, na terça-feira,…