Home Comunidade Marty Walsh anuncia flexibilização das medidas contra COVID-19 em Boston
Comunidade - EUA - Local - Saúde - 01/26/2021

Marty Walsh anuncia flexibilização das medidas contra COVID-19 em Boston

As academias, clubes, museus, galerias e cinemas da cidade poderão reabrir a 25% de sua capacidade a partir de fevereiro

Da Redação – O prefeito de Boston, Marty Walsh, anunciou nesta terça-feira, 26, que Boston entrará na Fase 3, Etapa 1 do plano de reabertura da cidade em 1º de fevereiro, próxima segunda-feira.

Na Fase 3 de acordo com o prefeito, academias, clubes, museus, salões de jogos e cinemas poderão reabrir com 25% de sua capacidade.

As reuniões internas ainda serão limitadas a 10 pessoas e as externas, o limite é de 25 pessoas. Isso se aplica a espaços públicos e privados.

“Durante a pandemia, Boston e nosso Departamento de Saúde Pública adotaram uma abordagem cautelosa”, observou Walsh. “Só avançaremos com a reabertura se os especialistas considerarem seguro fazê-lo.

Em meados de dezembro, a cidade interrompeu sua reabertura e voltou para a fase 2, prevendo um pico de casos COVID-19 durante o recesso de inverno.

Quero agradecer a todos que continuam fazendo sua parte para proteger nossa cidade”, disse o prefeito. “Embora tenha havido algumas melhorias nas últimas semanas, ainda é vital que todos permaneçam vigilantes. Use suas máscaras. Evite reuniões. Lave as mãos e desinfete as superfícies”, acrescentou.

Aqui está uma lista do que pode ser reaberto em Boston a partir de fevereiro – limite 25% da ocupação:

  • Academias e clubes cobertos
  • Salas de cinema
  • Museus
  • Aquários
  • Esportes internos e instalações recreativas
  • Visitas turísticas e outros passeios organizados
  • Centros históricos
  • Espaços de eventos internos, como salas de reuniões, salões de baile, salas de festas privadas e clubes sociais

Walsh incentivou que residentes de Boston façam o teste para o coronavírus.

A cidade possui 30 centros de testes COVID-19, além de vários centros de testes móveis à disposição dos residentes.

Há uma luz no fim do túnel. Vamos avançar como cidade e como estado para superar isso”, disse Walsh. “Já estamos com cerca de 11 meses e temos que continuar vigilantes sobre isso (o coronavírus).”

Deixe um comentário

Leia também

Estudo sugere que vacina de Oxford é eficaz contra variante brasileira

REUTERS – Dados preliminares de um estudo conduzido pela Universidade de Oxford e pe…