Home EUA Goiano acusado de assassinato é deportado para o Brasil
EUA - 10/29/2018

Goiano acusado de assassinato é deportado para o Brasil

O goiano Varley Ramos Costa, 53 anos, que entrou nos Estados Unidos em data e local desconhecidos, foi deportado pelo U.S. Immigration and Customs Enforcement’s (ICE) Enforcement and Removal Operations (ERO), na terça-feira, 23 de outubro

Costa é procurado pela Justiça brasileira por ser mandante de um assassinato e de tentativa de assassinato, e havia um mandato de prisão pendente contra ele. Agentes federais prenderam Varley Ramos Costa em 25 de maio de 2017, na sua casa na Filadélfia e o colocou a disposição das autoridades brasileiras. Inquérito que corre na Justiça de Goiânia, dá conta de que em 15 de dezembro de 2005, uma pessoa até então não identificada matou a tiros Luciano Carvalho Couto e provocou ferimentos em João Pereira Couto filho e pai.

O atirador estava na garupa de uma motocicleta e investigações posteriores apontaram que Varley era o mandante do crime. O crime teria como motivo um romance que Luciano Carvalho Couto teria com Sueli Gomes Correa Costa, mulher de Varley.

Sueli teria fornecido as fotos de Luciano e colaborado com os planos para o assassinato do seu namorado. Varley Ramos Costa é acusado de homícidio doloso, que pode ser classifi cado como hediondo e por motivo torpe. Após o crime, Varley fugiu para os Estados Unidos onde foi preso. Para evitar a deportação, Varley apelou para a justiça americana e teve o seu pedido negado e em seguida foi ordenada a sua deportação para o Brasil, onde responderá pelos seus crimes.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Leia também

Secretário de Justiça diz que não há evidências de fraudes em eleições presidenciais

O secretário de Justiça William Barr, desmentiu o presidente Donald Trump, na terça-feira,…