Home EUA Facebook toma medidas contra grupos com discursos de ódio ou desinformação
EUA - 09/18/2020

Facebook toma medidas contra grupos com discursos de ódio ou desinformação

O Facebook apresentou na quinta-feira, 17, uma série de medidas contra grupos privados que se formam em torno de um determinado assunto na rede social para incitar a violência ou dar conselhos de saúde. O acesso a grupos violentos será restrito na ferramenta de busca e seu conteúdo aparecerá cada vez menos no feed atual de usuários.

Se algum de seus membros ameaçar cometer atos violentos, mesmo com palavras simbólicas ou ocultas, a rede social deleta a conta do grupo. Em relação aos grupos que falam sobre questões de saúde, “eles podem ser um espaço positivo para dar e receber apoio em períodos difíceis da vida”, reconhece Tom Alison, vice-presidente de engenharia do Facebook, em artigo de blog.

“Ao mesmo tempo, é crucial que as pessoas obtenham informações médicas de fontes que são uma referência”, argumentou Alison. A empresa norte-americana também anunciou que arquivará grupos sem um administrador e proibirá administradores e moderadores de grupos excluídos de abrirem outros “por um certo tempo”.

Qualquer usuário alertado pelo Facebook por ter violado as regras de um grupo deve receber uma aprovação para qualquer nova publicação durante um período de 30 dias. Menos de sete semanas antes das eleições presidenciais nos Estados Unidos, a empresa multiplica anúncios para mostrar seu ativismo contra grupos violentos e enganadores.

Deixe um comentário

Leia também

Caem pedidos de seguro-desemprego nos EUA

Os novos pedidos semanais de seguro-desemprego caíram mais do que o esperado nos Estados U…