Home EUA Em funeral de John Lewis, Obama liga Trump a líderes racistas da década de 1960
EUA - 07/31/2020

Em funeral de John Lewis, Obama liga Trump a líderes racistas da década de 1960

O ex-presidente Barack Obama fez um chamado ao combate ao racismo em sua homenagem a John Lewis, em seu funeral, na quinta-feira, 30, instando o Congresso a aprovar novas leis de direito ao voto e ligando o presidente Donald Trump a líderes racistas do sul que lutaram contra os esforços dos ativistas de direitos civis na década de 60.

Lewis, morto no dia 17, é considerado um ícone entre os que militaram pelos direitos civis dos negros nos EUA. Obama foi um dos três ex-presidentes – junto com George W. Bush e Bill Clinton – a homenagear Lewis na Igreja Batista Ebenezer, em Atlanta. O presidente Trump, que entrou em conflito com Lewis no início de seu mandato na Casa Branca, não compareceu ao funeral ou a nenhum dos outros eventos que homenagearam Lewis.

Deixe um comentário

Leia também

Secretário de Justiça diz que não há evidências de fraudes em eleições presidenciais

O secretário de Justiça William Barr, desmentiu o presidente Donald Trump, na terça-feira,…