Home EUA Brasileiro é preso por golpes Foto: Divulgação em caixas de ATM
EUA - 12/06/2019

Brasileiro é preso por golpes Foto: Divulgação em caixas de ATM

Jehozadak Pereira Mais um brasileiro foi preso e acusado de fraudes em caixas eletrônicos – ATM. Desta vez, foi Allison Bebiano, de 29 anos, que enfrenta acusações de ter cometido sucessivos roubos a caixas eletrônicos no estado do Wyoming. Allison, de acordo com a polícia estadual, teria sacado cerca de US$ 7,6 mil, usando cartões bancários falsificados.

Caso seja condenado, Allison, poderá ser condenado a até 160 anos de prisão e multa de US$ 160 mil. Detido, o brasileiro está no Centro de Detenção do Condado de Park, na cidade de Cody, e a sua fiança foi estipulada em US$ 500 mil dólares. Os golpes dos quais Allison é acusado aconteceram entre 29 de outubro e 25 de novembro deste ano, num total de 14 transações.

O brasileiro foi identificado em imagens das câmeras de segurança de alguns bancos e acabou sendo preso em flagrante ao tentar realizar uma operação numa agência. No carro alugado por Allison, a polícia encontrou um dispositivo de falsificação de documentos, 23 cartões de débito, 30 recibos de transações bancárias e cerca de US$ 13 mil dólares em espécie.

Allison chegou ao Brasil com visto de turismo no dia 5 de outubro e os cartões fraudulentos que estavam em seu poder eram de instituições financeiras da Espanha, França, África do Sul, Jamaica, México, Índia, Hungria e França. O julgamento ainda não tem data marcada.

OUTROS BRASILEIROS PRESOS POR CLONAGEM DE CARTÕES E ROUBO DE DADOS BANCÁRIOS

Helisson ‘Bradock’ Benazi de Souza Está preso em Boston e foi condenado a três anos de prisão, três anos de liberdade condicional e será deportado depois de cumprir sua pena. Agia na área de Boston

Alexandre e Karem Kawamura Estão presos em Boston. Karem cumpriu sua sentença de três meses de prisão e foi deportada. Em maio de 2019, Alexandre foi condenado a uma pena de 30 meses de prisão. Alexandre e Karem agiram no Texas e ao ser presos atuavam na região de Boston

Alisson Oliveira, Dario Miranda e Albert Luca Foram presos em Nashville, Estado do Tennessee e aguardam julgamento. Na mesma ocasião das suas detenções, as autoridades prenderam pelos mesmos motivos quatro cidadãos russos. Agiam na região de Nashville

Quadrilha de brasileiros Carlos Rodrigo dos Santos Braga, Bruno Macedo Correia, Vitor Domingues Valentini dos Reis, Marcelo Araujo, Lucas Coelho Paiva Rego, Leonardo Augusto Oliveira Santos, Lorenzo Ramon Sala Moura, Davi Dias Fernandes. André Araujo Rodrigues, Pedro Igor Alves Barbosa, Francisco Rui de Alencar Mendes Filho, Vitor dos Reis, Anderson Clayton Mariano Alcântara, Amysterdan Barbosa da Silva, Fausto Teixeira Martins Neto, Carlos Rodrigo dos Santos Braga, Bruno Macedo Correia, Bruno dos Santos, Alexandre Lima de Souza, Shiro Noburo Naruse, Henrique Ortolani de Souza Vila Real, Rogerio Belarmino da Silva e Felipe Augusto Vicale Martins, faziam parte de uma quadrilha que deu um prejuízo de pelo menos US$ 5 milhões desde 2013 quando começaram a agir. Atuavam em Las Vegas, Estado de Nevada, Orlando, Estado da Flórida, New York, Califórnia e New Jersey. Foram presos em uma grande operação em fevereiro de 2017

Os gêmeos Os irmãos gêmeos Luciano e Leandro de Proença foram presos em 2016 na Flórida onde atuavam

Rodrigo Ferrareze, Claudio Fontes Ferreira e Taíse Moscon Foram presos e condenados no Mississipi por fraudes em 2017. Ferrareze e Moscon já foram condenados e o julgamento de Fontes Ferreira será em setembro de 2018. Taíse que usava o nome falso de Stephanie Gonçalves Stanford foi candidata a Miss Espírito Santo em 2012

Estefano Dall Anese Borlotti O brasileiro de 35 anos, foi preso no dia 31 de outubro passado, em Miami, Flórida, e acusado de praticar junto com um comparsa golpes contra o sistema financeiro dos Estados Unidos, ao usar de fraude para sacar dinheiro em caixas de ATM em diversas cidades do Estado de New Hampshire. Estefano teria usado dados bancários roubados e transferidos para gift certificates do Dunkin Donuts que foram usados para retirar mais de US$ 100 mil de caixas eletrônicos em Manchester, Barrignton, Dover, Durham e Portsmouth, no Estado de New Hampshire

Deixe um comentário

Leia também

Brasileira é uma das vítimas de atentado terrorista na França

Uma baiana de 44 anos, mãe de três fi lhos e que vivia na França havia mais de três década…