Home Biden Biden cita ‘início de invasão’ e anuncia sanções contra bancos e elite russa
Biden - EUA - Internacional - 02/22/2022

Biden cita ‘início de invasão’ e anuncia sanções contra bancos e elite russa

Mais cedo, Putin obteve autorização de seu parlamento para usar tropas no leste ucraniano, mas afirma que 'não disse que seria agora'.

FOLHAPRESS – O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou sanções do país contra Rússia. Em um pronunciamento, Biden afirmou que Vladimir Putin, indiretamente, ameaçou o direito de a Ucrânia existir.

A fala de Biden acontece um dia após Putin reconhecer Luhansk e Donetsk como regiões independentes da Ucrânia. Segundo o presidente dos Estados Unidos, o posicionamento de Putin foibizarro” e simboliza um início de invasão.
As primeiras medidas norte-americanas contra a Rússia envolvem grandes instituições financeiras, o VEB e o banco militar russo. Ambos ficarão sem financiamento ocidental. Além disso, a elite financeira russa e familiares serão afetados, sem poder negociar com países ocidentais.

“Se a Rússia quiser seguir adiante com essa invasão, nós estamos prontos para ir adiante com as sanções. Quem Putin acha que deu a ele o direito de dizer que territórios dos vizinhos fazem parte do país dele?”, disse Joe Biden. Segundo o presidente norte-americano, as decisões tomadas pelo governo dos Estados Unidos estão alinhadas com os países aliados.

Além disso, os Estados Unidos garantem que continuarão dando apoio militar à Ucrânia. “Deixe-me deixar claro: esses são movimentos de defesa. Nós não temos interesse em lutar com a Rússia, mas queremos mandar uma mensagem de que os Estados Unidos, junto aos nossos aliados vão defender a soberania dos territórios”.

Mesmo que Putin negue estar invadindo a Ucrânia, Biden prevê o início de uma guerra em breve.

“Acreditamos que a Rússia ainda irã muito longe e fará ataques militares contra a Ucrânia. Espero estar errado, mas a Rússia só está escalando e avançando sobre o território ucraniano”, declarou. “A Rússia levou mantimento e sangue, além de equipamentos, para as fronteiras. Você não precisa de sangue, a não ser que você planeje começar uma guerra.”

Biden disse ainda que está em contato com líderes europeus e também com Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia. “Em todo passo, mostramos que os Estados Unidos e nossos aliados estamos trabalhando em uníssono – com o que você não contava, sr. Putin. Estamos unidos no nosso suporte à Ucrânia, estamos unidos contra as agressões da Rússia e estamos unidos no nosso objetivo de defender as nossas alianças. E estamos unidos contra a ameaça da Rússia contra a nossa estabilidade.”

Ao final da fala, Biden afirmou que ainda há tempo para evitar o pior cenário e seguir o caminho da democracia.

Deixe um comentário

Leia também

Sport Total – De canela

Por: Alfredo Melo – info@jornaldossportsusa.com 1 Os profissionais do futebol contin…