Home EUA Alerta: ciclones, tornados e possíveis tempestade atingirão os EUA essa semana
EUA - Local - Novo Normal - 10/25/2021

Alerta: ciclones, tornados e possíveis tempestade atingirão os EUA essa semana

Um sistema de baixa pressão conhecido como Nor’easter também está se movendo ao longo da costa leste dos Estados Unidos e pode atingir o país na terça-feira e deve chegar a costa da Nova Inglaterra de segunda à noite até quarta-feira

JSNEWS – Os Estados Unidos enfrentam ameaças climáticas triplas à medida que tornados severos, uma tempestade de neve e um “ciclone bomba” se avolumam sobre o país durante a semana do Halloween.

Os estados do Noroeste do Pacífico dos EUA, incluindo o norte da Califórnia, Washington e Oregon, já foram atingidos pelo “ciclone bomba” que se formou sobre o Oceano Pacífico no domingo, levando a uma tempestade e fortes aguaceiros em toda a costa.

Um ciclone bomba se desenvolve quando um ciclone se intensifica, reduzindo a pressão atmosférica em pelo menos 24 milibares em um período de 24 horas.

Enquanto o ciclone bomba atingiu a costa oeste dos Estados Unidos, nuvens afuniladas, acompanhadas por ventos fortes, apareceram em várias partes do Kansas, Illinois e Missouri nesse domingo,24.

O Storm Prediction Center do National Weather Service (NWS) emitiu um “alerta de tornado” em um tweet. “Um alerta de tornado está em vigor em grande parte do Missouri e no extremo oeste de Illinois até as 22h CDT”, disse o tweet nesse domingo.

Um sistema de baixa pressão conhecido como Nor’easter também está se movendo ao longo da costa leste dos Estados Unidos e pode atingir o país na terça-feira. O Nor’easter deve subir a costa da Nova Inglaterra de segunda à noite até quarta-feira.

Um alerta de enchente foi emitido para a cidade de Nova York da noite de segunda à tarde de terça-feira, com previsão de chuva de dez centímetros para um período de 36 horas.

Uma forte tempestade por causa do ciclone da bomba, entretanto, matou duas pessoas em Seattle no domingo, quando uma árvore caiu em um veículo. A tempestade provocou deslizamentos de terra e inundações repentinas, mesmo com fortes rajadas de vento derrubando postes de energia elétrica, levando a quedas de energia.

Ventos de mais de 80 km/h (50 mph) sopraram em São Francisco e causaram quedas de energia em Sacramento.

Mais de 160.000 usuários na Califórnia, mais de 170.000 em Washington e mais de 28.000 em Oregon ficaram sem energia nesse fim de semana. Os meteorologistas do NWS previram até 25 centímetros de chuva na costa oeste após a explosão do ciclone.

“É um rio atmosférico que já se move pelo norte da Califórnia”, disse o meteorologista Marc Chenard à Reuters. “Rios atmosféricos” são caminhos estreitos de ar úmido que contêm uma quantidade excessiva de vapor d’água, causando fortes chuvas. Será “um período extremo de 24 a 36 horas no norte da Califórnia”.

A tempestade vem em meio a uma temporada de incêndios florestais contundentes na Califórnia, o que aumenta as ameaças de enchentes.

“Marcas de incêndios florestais são as áreas onde a água tende a escorrer mais rapidamente, então é onde estão os maiores riscos de enchentes. Os avisos são de inundações potencialmente fatais podem ocorrer dentro e ao redor das áreas afetadas por incêndios”, disse Chenard.

Deixe um comentário

Leia também

Primeiros imigrantes são enviados de volta ao México na retomada do esquema “Fique no México” da era Trump

JSNEWS (Com Reuters e APNEWS) – Dois imigrantes foram devolvidos ao México pelas aut…