Home Esportes Ucrânia: Jogadores brasileiros são barrados em fronteira com a Polônia
Esportes - 02/27/2022

Ucrânia: Jogadores brasileiros são barrados em fronteira com a Polônia

O grupo conseguiu pegar um ônibus e retornar para Lviv, onde foram instalados em um hotel com auxílio da Embaixada do Brasil na Ucrânia. Ainda não há informações sobre como eles vão conseguir deixar o país.

Da Redação – Os jogadores Guilherme Smith, Cristian Fagundes e Juninho foram impedidos de atravessar a fronteira da Ucrânia com a Polônia para se protegerem do ataque da Rússia. O grupo barrado ainda tem a mulher de Juninho, Vitória, e o filho do casal, Benjamin.

Na última sexta-feira (25), eles embarcaram em um trem em Zaporizhzhya, onde moravam, rumo a Lviv, maior município do oeste ucraniano. De lá, seguiram a pé por aproximadamente 60 quilômetros, mas foram barrados pela polícia a 4 quilômetros da fronteira. O grupo passou a noite na rua e precisou fazer uma fogueira para que pudessem ficar aquecidos.

Os jogadores alegaram truculência e foram impedidos de passar. “Situação muito delicada agora que nós estamos vivendo. A gente tava muito perto da fronteira, 4 km, e, de repente, barram a gente. Tá uma multidão de pessoas aqui, muito cheio, e as pessoas do nada se revoltam umas com as outras e começam a brigar, coisa que não desejo pra ninguém”, relatou Guilherme.

Ao amanhecer, o grupo conseguiu pegar um ônibus e retornar para Lviv, onde foram instalados em um hotel com auxílio da Embaixada do Brasil na Ucrânia. Ainda não há informações sobre como eles vão conseguir deixar o país.

Uma brasileira ofereceu apoio aos atletas. Camila Kopec faz parte de uma força-tarefa composta por brasileiros que moram na Polônia e se uniram para receber os jogadores e outros brasileiros que precisam de ajuda para cruzar a fronteira entre os países.

Em entrevista ao portal G1, Camila Kopec informou que um grupo de brasileiros estava disposto a encontrar os jogadores na estrada, mas foram barrados e só conseguirão dar qualquer suporte após o grupo cruzar a fronteira.

“A guarda da fronteira informou que somente familiares podem fazer o trajeto em carros particulares. A fronteira esteve fechada por cerca de 2 horas para troca de turno, mas já voltou a funcionar. Tem um engarrafamento muito grande para passar no controle de fronteira, mas mesmo pessoas sem um passaporte estão podendo entrar. Vamos orar para dar tudo certo”, afirmou.

Deixe um comentário

Leia também

Bolsonaro diz a TV americana que EUA podem virar país isolado se esquerda vencer no Brasil

ESTADÃO – O presidente Jair Bolsonaro afirmou em entrevista à emissora de televisão …