Home Esportes Sport Total – De canela
Esportes - 4 semanas atrás

Sport Total – De canela

Por: Alfredo Melo –
1 A série B, do campeonato brasileiro é emoção pura, não porque os jogos sejam emocionantes, mas pela carga de sensibilidade dos torcedores. Um bom exemplo é a torcida do Cruzeiro, com três anos seguidos disputando a série B, sua torcida está terrivelmente sensível. A excelente campanha do time na série B, deixou a torcida em estado de êxtase. Com o Mineirão, mais uma vez lotado, a torcida festejou um empate em 1 x 1, com o modesto Criciúma, como se fosse a conquista de um título. Podem ter certeza de que em 2023, na série A, está mesma torcida vai vaiar ou protesta, se empatar no Mineirão lotado contra o Goiás, ou Avaí, ou Cuiabá, ou Atlético GO, alguns exemplos. O encanto da torcida com o time, aplaudindo derrotas e empates, termina com o título da série B. Em 2023 será ganhar ou ganhar.

2 O que a princípio, poderia ser uma grande dor de cabeça para o Palmeiras, ao final da rodada virou um pesadelo para os adversários. Ao empatar em 2 x 2 com o Bragantino, o Ver dão abriu a possibilidade, para que seus adversários reduzissem a diferença para cinco pontos. Acontece que Flamengo, Fluminense, Corinthians e Internacional resolveram contribuir com o Palmeiras e a diferença permaneceu em sete pontos. Outra chance dessa, talvez seja difícil.

3 Como diz Romário “entrou no ônibus agora e já quer sentar na janela”. Ronaldo Fenômeno, está pressionando a CBF, para que dê ao campeão da série B, premiação em dinheiro. O pedido não é para que a CBF, estude a possibilidade dessa premiação a partir do próximo campeonato, ele quer mudar o regulamento, no final da competição, visando benefício próprio. Dos 400 milhões de reais, acertados pela compra da SAF do Cruzeiro, Ronaldo, efetivamente, até agora, só colocou 50 milhões de reais e com apenas alguns meses, já quer arrancar da CBF, cerca de 20 milhões de reais. De bobo esse cara, sempre teve, somente, o penteado.

4 Postagem de um botafoguense, nas redes sociais. “Primeiro turno, Botafogo 3 x 1 Fortaleza, Botafogo 3 x 1 Ceará. Segundo turno, Botafogo 1 x 1 Ceará, Botafogo 3 x 1 Fortaleza. Botafogo grande campeão cearense de 2022”. Como dizia vovó Filó, melhor ler isso do que ser cego.

5 A imprensa carioca, levou a torcida do Flamengo, principal mente a Paulinho Tedesco, acreditar que o Flamengo tinha o time A, das Copas e o time B, do campeonato brasileiro. Criação do, repentinamente genial, Dorival Jr. Ao empatar, no Maracanã, lotado em 1 x 1 com o Ceará, a mesma imprensa, passou a detonar Dorival Jr., questionando o treinador, porque não colocou o time A, contra o Ceará. Nas vitórias, tinha o time A e o time B, no tropeço, questiona o time B. Quando crescer, continuo querendo ser comentarista esportivo, pra falar coisas sabias e belas.

6 Felipão, quando jogador, era duro de cadeira e botinudo. Um jogador fraco, que se tornou um treinador vitorioso e prestigiado. Agora Felipão tenta fazer de seu auxiliar, Paulo Turra, zagueiro botinudo igual a ele, um treinador vitorioso. Felipão abandonará o cargo de treinador em 2023 e já sinalizou ao Furacão, que colocara Paulo Turra, no seu lugar.

7 O Botafogo parece que sofre de verde-fobia. A equipe de Luís Castro em jogos da Copa do Brasil e Campeonato brasileiro, contra equipes de uniforme predominantemente verde, em nove jogos, empatou três e perdeu seis. Seus algozes, Palmeiras, Goiás, Juventude, Coritiba, Cuiabá e América MG, até agora não deram a mínima chance ao time de Luís Castro. A partir dessa roda da, o Botafogo terá quatro chances de reverter essa fobia. Pega em sequência América MG, Coritiba, Goiás e Palmeiras, sendo contra o Goiás, o único jogo fora. Será que chegou a hora?

8 O jogador Dede Belmonte do Goiás, cobrou publicamente, de Tite, a convocação do companheiro de equipe, Pedro Raul. Calma meu garoto, amizade bonita, mas pedido sem sentido. Se for pelo número de gols marcados, vamos convocar o Poveda do Sampaio Correa, que é o artilheiro da série B, com 14 gols. E ele nem é meu amigo.


Bem, até que enfim o Alfredo Melo assume a verdade que nunca quis calar: ele é o Gatinho Cruel, que agora sai de cena para dar lugar ao seu criador. Enorme criatura no sentido literal, na bondade, no caráter e no conhecimento profundo do futebol e das coisas boas da vida, inclusive pratos deliciosos. Ah, tem também a paixão pelo Botafogo cada dia maior…
info@jornaldossportsusa.com

Deixe um comentário

Leia também

Simone Tebet declara apoio a Lula: “Reconheço nele compromisso com a democracia”

FSP – A ex-candidata à presidência da República Simone Tebet (MDB) declarou voto ao …