O Flamengo realizou o seu primeiro jogo pelo Campeonato Carioca na tarde deste domingo (20), contra o Bangu, no Maracanã. Com mais de 46 mil torcedores presentes no palco, o Rubro-Negro saiu perdendo, mas não decepcionou e superou o adversário por 2 a 1.

O JOGO

A partida começou quente (não somente no clima) no Maracanã. O Bangu deu trabalho logo nos minutos iniciais. Após cruzamento mal cortado por Rhodolfo, Pingo subiu, e Diego Alves foi obrigado a realizar uma ótima defesa.

A equipe adversária novamente pressionou aos dois minutos e abriu o placar em jogada parecida. Kelvin bateu lateral pela direita, arremessando diretamente para a área rubro-negra. No combate pelo alto, Anderson Lessa ganhou do estreante Rodrigo Caio e cabeceou no canto, sem chances de defesa para Diego Alves.

Com o gol marcado pelo Bangu, o Fla começou a exercer pressão na partida. Prova disso foi a oportunidade perdida pela equipe aos nove minutos. Diego lançou Vitinho na área, que cruzou rasteiro para Uribe. O centroavante conseguiu o desvio, mas o goleiro Jefferson Paulinho fez uma linda defesa com a perna direita, evitando o empate no Maracanã.

Aos 12, mais uma chance para o Rubro-Negro. Renê ganhou a disputa de bola com o adversário e cruzou para a área, encontrando Diego em ótimas condições. O meia dominou e chutou rasteiro, mas a bola foi desviada no braço de Felipe Dias, que evitou o gol. O jogador acabou expulso pelo árbitro, e o pênalti foi marcado para o Fla. O próprio camisa 10 cobrou e igualou o placar do embate.

Comandando o meio de campo do time da Gávea, Diego Ribas quase marcou o segundo, aos 20. Renê recebeu na esquerda e cruzou para a área. Livre, o camisa 10 rubro-negro cabeceou firme, mas foi parado pela boa defesa de Jefferson Paulinho.

Aos 37, o meia rubro-negro novamente iniciou a jogada, lançando Uribe na área. O centroavante ganhou a disputa de bola com o adversário, mas cabeceou por cima do gol defendido por Jefferson.

O Flamengo iniciou a segunda etapa com tudo, tentando a virada logo no começo. E assim aconteceu, aos oito minutos. Everton Ribeiro cobrou escanteio curto e recebeu de volta de Pará. Desmarcado, o meia cruzou para a área, e Rhodolfo se antecipou e desviou para o fundo da rede.

Vitinho ainda teve grande oportunidade para ampliar a vantagem rubro-negra, aos 12 minutos. O atacante driblou o marcador, invadiu a área e chutou. A zaga, no entanto, bloqueiou o arremate para escanteio.

A equipe da Gávea trocava bem os passes no meio de campo. Em uma das situações, Pará recebeu em boas condições próximo à grande área. O lateral soltou a bomba e acertou o travessão, em bola que ainda teve desvio do adversário, enganando o goleiro Jefferson Paulinho.

Aos 18, Everton Ribeiro roubou a bola de Dieyson na área, mas acabou sendo derrubado pelo próprio lateral. Em cobrança de pênalti, Diego teve a chance de aumentar a vantagem e marcar o seu segundo gol no embate, mas Jefferson Paulinho defendeu.

A torcida ainda soltou o grito para o terceiro gol, aos 22, mas a bola apenas encontrou a rede pelo lado de fora. Diego cruzou rasteiro na área, e Rhodolfo – curtindo uma de atacante –, desviou. A bola passou muito próxima, enganando os rubro-negros.

O jovem Vitor Gabriel entrou no lugar de Diego Ribas e já teve grande chance de marcar, aos 35. Everton Ribeiro fez linda jogada na entrada da área, e bola sobrou para Vitor Gabriel, livre. O atacante girou para bater, mas o arremate passou com perigo à direita do gol adversário, sendo esta a última possibilidade de tento na segunda etapa.

Com o resultado conquistado no primeiro embate, o Flamengo volta a campo já nesta quarta-feira (23), para enfrentar o Resende. A partida será disputada às 19h15 (horário de Brasília), no estádio Raulino de Oliveira. Pela Taça Guanabara, o Rubro-Negro ainda tem como adversários Botafogo, Boavista e Cabofriense.

Deixe um comentário

Leia também

Seria o Telegram mais seguro que o WhatsApp?

O Telegram é um serviço de mensagens instantâneas que, no Brasil, ficou conhecido como uma…