Home Comunidade Agravado pela falta de mão de obra, hospitais de Massachusetts temem o colapso devido ao aumento de casos de COVID-19
Comunidade - Local - Novo Normal - Saúde - 3 semanas atrás

Agravado pela falta de mão de obra, hospitais de Massachusetts temem o colapso devido ao aumento de casos de COVID-19

JSNEWS – Os hospitais de Massachusetts estão em alerta devido o ressurgimento dos casos de COVID-19 no estado, agravada pela falta de pessoal para atender a demanda, o sistema de saúde dos estado pode entrar em  colapso com a chegada do inverno. O número médio de casos de COVID-19 aumentou 25% na última semana em todo o estado, de acordo com os dados divulgados terça-feira, 10, pelo Departamento de Saúde Pública.

Massachusetts Hospital and Health Association acredita que as infecções podem aumentar gradualmente nos próximos meses com a chegada do frio que já começa a ser sentido no estado. Os especialistas indicam que, durante o inverno, as pessoas tendem a ficar em ambientes fechados e viajarem durante as férias, causando maior exposição as infecções.

“A capacidade de atendimento continua sendo um sério desafio nos hospitais e UTIs de Massachusetts, e cada  hospital está se preparando para o que provavelmente será outro inverno rigoroso”, disse Steve Walsh, diretor executivo do Massachusetts Health and Hospital Associação ao Boston Globe

Somado a isso, os sistemas hospitalares enfrentam escassez de pessoal, portanto, o atendimento é insuficiente para o número de pacientes que atrasaram suas consultas médicas ou não puderam receber o tratamento adequado devido à pandemia e que agora estão com a condição agravada precisando de cuidados médicos adequados.

“Em nossos 36 anos, nunca vimos um volume tão alto de pacientes em estado crítico”, disse Maura Hughes, diretora executiva do Boston MedFlight, o principal serviço de transporte médico aéreo de Massachusetts ao canal WGBH

As autoridades sanitárias esclarecem que devido à vacinação de grande parte da população dos estado, a situação atual é diferente em relação ao ano passado. No entanto, as pessoas estão retomando suas atividades sociais, o que aumenta o risco de infecção, principalmente aos não vacinados e a população mais sensível ao vírus da covid-19, e suas mutações, devido a alguma condição pré-existente.

Embora os pacientes com COVID ocupem uma proporção muito menor de leitos do que durante o pico do inverno passado, Hughes estimou que 10% de seus transportados são pacientes com COVID.

Cerca de 60.000 residentes de Massachusetts, que foram totalmente vacinados, testaram positivo para COVID-19 desde o início da campanha de vacinação. Os casos de COVID em pessoas vacinadas representam cerca de 1,2% dos 4,7 milhões de pessoas que receberam a vacina.

Vários outros estados do pais enfrentam um aumento nas infecções. De acordo com o The Washington Post, cerca de 20 estados registraram um aumento nos casos desde o início desse mês, Illinois, Minnesota e Vermont registraram 50%  de aumentos nos casos de Covid.

Deixe um comentário

Leia também

Primeiros imigrantes são enviados de volta ao México na retomada do esquema “Fique no México” da era Trump

JSNEWS (Com Reuters e APNEWS) – Dois imigrantes foram devolvidos ao México pelas aut…