Home Comunidade Advogado brasileiro é impedido de exercer profissão por quatro anos
Comunidade - 10/05/2018

Advogado brasileiro é impedido de exercer profissão por quatro anos

Martin C. Liu foi processado pelo Departamento de Justiça via ação disciplinar e o EOIR o declarou inelegível administrativamente de exercer a advocacia pelos próximos quatro anos no Estado de New Jersey e em todo o território dos Estados Unidos.

Jehozadak Pereira

O advogado brasileiro Martin C. Liu, que atua na área de imigração está impedido pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a exercer a função nos próximo quatro anos, de acordo com um comunicado do Executive Office for Immigration Review (EOIR) no dia 23 de agosto e publicado pela Brazilian Magazine.

Martin C. Liu foi processado pelo Departamento de Justiça via ação disciplinar e o EOIR o declarou inelegível administrativamente de exercer a advocacia pelos próximos quatro anos no Estado de New Jersey e em todo o território dos Estados Unidos.

De acordo a narrativa do Brazilian Magazine, apesar de ter sido proibido de advogar em New Jersey, Martin C. Liu entrou com cerca de 13 petições de clientes no United States Citizenship and Immigration Services (USCIS). Em um período de quatro anos, Liu tinha 3.691 processos no USCIS, mesmo estando impedido de representar clientes.

Martin C. Liu têm escritórios em New York e New Jersey. Para ler a sentença original em inglês está disponível no https://www.justice. gov/eoir/page/fi le/1092336/ download. Por muitos anos, Martin C. Liu advogou para clientes no Estado de Massachusetts, e por causa de uma reportagem publicada no jornal METROPOLITAN NEWS em dezembro de 2005, processou o periódico, caso que foi encerrado em 2008 através de um acordo.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Leia também

Secretário de Justiça diz que não há evidências de fraudes em eleições presidenciais

O secretário de Justiça William Barr, desmentiu o presidente Donald Trump, na terça-feira,…