Home Celebridades Meghan Markle revela que sofreu aborto expontaneo em julho
Celebridades - Saúde - 11/25/2020

Meghan Markle revela que sofreu aborto expontaneo em julho

'Eu sabia, enquanto segurava meu primeiro filho, que estava perdendo meu segundo', escreveu a atriz em um artigo publicado no jornal 'The New York Times'. Palácio de Buckingham disse que não vai comentar.

A duquesa de Sussex, Meghan Markle, revelou que sofreu um aborto natural em julho deste ano. Era a segunda gestação da atriz, que já é mãe de Archie Harrison, fruto do seu casamento com o príncipe britânico Harry.

A revelação foi feita em um artigo de opinião publicado nesta quarta-feira (25) no jornal “The New York Times“.

Eu sabia, enquanto segurava meu primeiro filho, que estava perdendo meu segundo“, escreveu Markle.
O Palácio de Buckingham disse, por meio de um comunicado, que esse é um “assunto profundamente pessoal“. A família real britânica não vai comentar a publicação.

Casados em 2018, Meghan e Harry tiveram o primeiro filho, Archie Harrison Mountbatten-Windsor, em maio de 2019. Archie é o sétimo na linha sucessória do trono britânico, mas não recebeu o título de príncipe por escolha de seus pais.

No artigo, que recebeu o título “The Losses We Share” (as perdas que compartilhamos, em português), Meghan escreve que havia acabado de trocar a fralda do filho quando sentiu uma forte contração e caiu no chão.

“[Com meu filho] nos braços, murmurei uma canção de ninar para tentar manter nós dois calmos, o tom alegre da música contrastava friamente com a sensação de que alguma coisa não estava certa”, diz o texto.

A americana de 39 anos relata que sofrer um aborto espontâneo é uma “dor insuportável“. Ela diz que o tema continua sendo um “tabu, impregnado de vergonha (injustificada), que perpetua um ciclo de luto solitário”.

No texto ela ainda fala que o caminho para a cura, no momento de dificuldades, precisa de compreensão e acolhimento. Segundo a duquesa, esse caminho começa com uma simples pergunta: “Você está bem?“.

Perder um filho nos deixa em constante luto, muitas de nós passamos por isso, mas poucas conseguem falar sobre“, diz o artigo.

Meghan lembrou também das vítimas da Covid-19 e também de Breonna Taylor, jovem negra morta em uma ação policial nos Estados Unidos.

Nós estamos bem?“, escreve a atriz. “Onde antes havia o senso de comunidade, agora vemos somente divisões.”
Saída da família real

Meghan e seu marido anunciaram em janeiro que abandonariam suas obrigações oficiais como membros da família real britânica, alegando não suportar a pressão da imprensa britânica sobre a realeza. Em março, eles deixaram de representar a coroa do Reino Unido.

Na época, Harry acusou os tabloides de assediar Meghan e denunciou comentários racistas contra a esposa.

Após a saída da família real britânica, Meghan, Harry e Archie se mudaram primeiro para o Canadá e, depois, para a Califórnia, na costa oeste dos Estados Unidos, onde vivem atualmente.

As informações são do G1

Deixe um comentário

Leia também

‘Caçadores de vacina’ em Los Angeles esperam horas por sobras de imunizantes

AFP – Com sacos de dormir, moletons e cadeiras dobráveis, jovens “caçadores de…