Home Celebridades Crônicas do dia a dia – Coisas de casal
Celebridades - Comunidade - Cultura - 02/04/2022

Crônicas do dia a dia – Coisas de casal

Por: Edel Holz – O marido estava nervoso demais, implicando com tudo, além do normal.
Xingava até a mãe e assim, atraia para seu lado ondas negativas. Perdeu o emprego, esqueceu a carteira no supermercado e quando voltou tinham roubado tudo, perdeu o cheque da herança de uma tia rica, sem contar na caxumba que pegou do filho do vizinho só porque disse “oi” pro menino.

A mulher, toda metida a entender de esoterismo, coisas sobrenaturais e adepta aos tratamentos naturais, ligou para uma amiga psicóloga que se entregou à terapia com florais e pediu para que ela receitasse um floral que fizesse com que Leopoldo mantivesse a calma e reencontrasse a fé em si mesmo.

Antonieta disse ao marido: Ana Clara quer te ver pra receitar um floralzinho pra você.
Leopoldo levantou a voz: Lá vem você de novo com essas frescuras de mulher. Vê lá se eu sou homem de tomar florzinha pra ficar calminho… Sou macho, tchê!
Antonieta sabia o ponto fraco do marido e completou: Macho nascido em Pelotas? Ra rara…Tenho minhas dúvidas se tu ė macho mesmo! Macho que se preze dá um jeito de melhorar de vida. E além do mais, você me prometeu que ia tentar sair dessa e promessa ė dívida! Você vai às 2 da tarde no consultório da Ana Clara, contar todos seus problemas a ela, para que ela acerte na combinação de florais.
Leopoldo berrou:” O queeeê? Além de tudo, tenho de falar minha vida pruma desconhecida pra ela fofocar pras suas amigas a tragédia que estamos vivendo?
Antonieta retrucou calmamente: Ela ė uma professional, Leopoldo Roberto. Não é uma fofoqueira.

Bom, Leopoldo se rendeu não só à terapia de Ana Clara, como à sua cama e ao seu coração. Conseguiu recuperar o cheque da herança da tia, que havia perdido. Descobriu que o problema da negatividade não era com ele e sim com Antonieta, que ficou chupando o dedo, chorando suas mágoas pro vento, tentando encontrar o floral certo para suas mazelas. Leopoldo provou por A mais B pra Antonieta, quem é o “macho de Pelotas”.

SOBRE A COLUNISTA: Edel Holz é a mais premiada e consagrada atriz, roteirista, diretora e produtora teatral brasileira nos Estados Unidos. Inquieta e de mente profícua, Edel tem sempre um projeto cultural engatilhado para oferecer para a comunidade brasileira. Depois de anos de ausência, Edel volta a abrilhantar as páginas de um jornal. Damos as boas vinda à poderosa e de mente efervescente Edel.

Deixe um comentário

Leia também

Elon Musk desafia acusadora abuso sexual para descrever como são suas partes íntimas

JSNEWS – Elon Musk disse que a mulher que o acusou de má conduta sexual de ser uma &…