Home Brasil Polícia investiga se sogro furtou casa da palmeirense pelo marido corintiano durante o enterro
Brasil - Esportes - Policial - 3 semanas atrás

Polícia investiga se sogro furtou casa da palmeirense pelo marido corintiano durante o enterro

Segundo relataram familiares de Érica, pai de Leonardo Ceschini teria retirado o veículo da vítima e outros utensílios da casa

A Polícia Civil investiga o furto dos bens da representante comercial Érica Fernandes Ceschini, torcedora palmeirense morta a facadas pelo marido corintiano, Leonardo Souza Ceschini. O assassinato ocorreu após a vitória do Palmeiras na Libertadores, no dia 31 de janeiro, no apartamento do casal, na zona oeste de São Paulo.

O principal suspeito, segundo BO, é Alexandre Estevam Ceschini, sogro da vítima e pai do assassino. Do imóvel, foram levados duas TVs, um micro-ondas, eletroeletrônicos e joias. O carro dela também foi levado.

O furto foi cometido enquanto o corpo da vítima era velado e sepultado, no dia 1º de fevereiro.

Um boletim de ocorrência registrado por parentes de Érica relata que o sogro e outras pessoas levaram os bens que estavam no apartamento, onde o casal morava com os filhos gêmeos de 2 anos.

Já o celular da vítima e documentos das crianças teriam sido furtados por uma mulher identificada como advogada da família do assassino.

A irmã de Érica, Aline Fernandes, afirmou ao G1 que Alexandre confessou ter retirado o Jeep Renegade e outros pertences do apartamento. Em uma conversa no WhatsApp, o pai do assassino disse a ela que o carro estaria com um advogado.

Ainda segundo Aline, o porteiro do prédio lhe contou que Alexandre furtou os pertences acompanhado de outros parentes.

Procurado pelo G1, Alexandre não comentou o assunto. O contato com a suposta advogada também não foi retornado.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da SSP (Secretaria da Segurança Pública) informou que o 33º DP “realiza diligências para esclarecer todas as circunstâncias do crime” de furto dos bens de Érica. Sobre o assassinato cometido por Leonardo, a pasta informou que a prisão preventiva do empresário foi decretada e que “o inquérito policial foi relatado e encaminhado à Justiça”.

Deixe um comentário

Leia também

Governo Federal decide comprar vacinas da Pfizer/BioNTec e Janssen

O Ministério da Saúde decidiu nesta quarta-feira (3) assinar contratos para compra de vaci…