Home Brasil Drauzio Varella pede desculpas à família de menino morto por Suzy
Brasil - Policial - 03/11/2020

Drauzio Varella pede desculpas à família de menino morto por Suzy

Médico divulgou vídeo explicando seu posicionamento após polêmica entrevista para o Fantástico no último domingo: 'Entendo a frustração de quem se decepcionou comigo'

ESTADO – Em vídeo postado nas redes sociais nesta terça-feira (10), Drauzio Varella pediu desculpas à família do garoto envolvida no caso Suzy. A detenta transsexual Suzy Oliveira – personagem de reportagem do médico exibida no Fantástico de 1 de março – comoveu o país. Mas no último domingo, o site do MBL  revelou que a detenta foi condenada por estuprar e estrangular um garoto de 9 anos.

“Posso imaginar a dor e peço desculpas à família do menino que foi involuntariamente envolvida no caso”, afirmou Dr. Drauzio, na postagem pelo Twitter e no Youtube. Ele começou o vídeo informando que o crime cometido por Suzy, que cumpre pena em uma penitenciária de São Paulo, foi uma “revelação” para ele e para o país.

“Não há o que falar. É um crime que choca a todos nós”, afirmou. Drauzio disse também que “lamenta” se frustrou alguém e “assume totalmente a responsabilidade pela repercussão negativa”. Mas reitera que o foco da matéria do Fantástico era mostrar as condições em que vivem as transsexuais presas no Brasil. Na nota que já havia divulgado quando o caso veio à tona, ele afirmou que não perguntou sobre os delitos das presas. “Sou médico e não juiz”.

Em outro trecho do vídeo, Drauzio pontua que “estatísticas oficiais indicam que a imensa maioria (das trans) está presa por roubo e furto”. E prossegue: “A maneira como a Suzy foi apresentada deu a entender que a Suzy faz parte desse grupo majoritário, por isso eu entendo a frustração de quem se decepcionou comigo”.

O médico explica o contexto em que se deu o abraço em Suzy, ao final da reportagem. “Ela ficou de cabeça baixa no fim (da entrevista) quando eu perguntei há quanto tempo ela não recebia visita. Eram sete, oito anos. Ela se virou pra mim com olhar tão triste que dei um abraço nela. Pra quem acha que eu errei, desculpa. Mas esse é meu jeito. eu lamento mas assumo totalmente a responsabilidade pela repercussão negativa que o caso teve.

Drauzio Varella finaliza o vídeo negando que disputará eleição, como especulou-se em cima do episódio. “Eu gostaria de dizer claramente e sem nenhuma chance de que eu volte atrás no futuro que nunca fui e nem serei candidato a nada. As pessoas que estão explorando politicamente esse episódio podem ficar tranquilas”.

Deixe um comentário

Leia também

Os argumentos de Trump para anunciar rompimento dos EUA com a OMS

BBC -Em um discurso feito na tarde desta sexta-feira (29/05) na Casa Branca, o presidente …