Home Mundo Vaticano pode perder £100 milhões de libras com venda de imóvel em Londres
Mundo - Novo Normal - Religião - 4 semanas atrás

Vaticano pode perder £100 milhões de libras com venda de imóvel em Londres

Polêmico e luxuoso edifício na 60 Sloane Avenue foi comprado em parte com o Óbolo de São Pedro (dinheiro que fiéis doam aos pobres). Compra é julgada por tribunal criminal do Vaticano

AFP – O Vaticano pode perder 100 milhões de libras na venda de um polêmico e luxuoso edifício em Londres, que foi comprado em parte com o Óbolo de São Pedro (dinheiro que fiéis doam para os pobres).

A Santa Sé está prestes a concluir a venda para o Bain Capital, uma gestora de ativos financeiros, por cerca de 200 milhões de libras, segundo o jornal Financial Times.

O valor é cerca de 100 milhões de libras a menos do que a Igreja Católica pagou para adquirir o imóvel na 60 Sloane Avenue em 2014.

A compra obscura do luxuoso edifício e a rede de empresas e fundos que deixaram um rombo nas finanças da Santa Sé são alvo de um julgamento no tribunal criminal do Vaticano que está suspenso.

Escândalo no Vaticano
A aquisição do imóvel, feito por um preço superior ao seu valor real, foi feita mediante pacotes financeiros especulativos e por meio de dois empresários italianos que moram em Londres.

O uso de parte do dinheiro que as igrejas de todo mundo doam todos os anos para as instituições de caridade do papa ampliou o tamanho o escândalo.
O caso revela a falta de controle nas finanças da Santa Sé, setor que passou por uma reforma interna que trouxe à tona privilégios de várias entidades do Vaticano.

Julgamento suspenso

O cardeal italiano Dom Giovanni Angelo Becciu em foto de julho de 2018 — Foto: Andreas Solaro/AFP

O cardeal italiano Dom Angelo Becciu e mais oito pessoas, entre empresários e funcionários da Cúria Romana, foram

indiciadas e são rés no processo, que é o considerado o maior julgamento por corrupção e estelionato da história do Vaticano.

Eles podem ser condenados por fraude, peculato, extorsão, lavagem de dinheiro e abuso de poder em um escândalo que também inclui cumplicidade, espionagem e paraísos fiscais.

O julgamento está bloqueado desde o início de outubro, devido a um pedido de anulação do processo judicial. Advogados alegam erros durante o processo de investigação.

Deixe um comentário

Leia também

Primeiros imigrantes são enviados de volta ao México na retomada do esquema “Fique no México” da era Trump

JSNEWS (Com Reuters e APNEWS) – Dois imigrantes foram devolvidos ao México pelas aut…