Home Imigração DHS deteve mais de 2 milhões de imigrantes ilegais na fronteira mexicana em 2021
Imigração - Mundo - Novo Normal - 01/25/2022

DHS deteve mais de 2 milhões de imigrantes ilegais na fronteira mexicana em 2021

Os 2,03 milhões de 'encontros' registrados pelo CPB são de longe um recorde para a agência em números que datam de meados da década de 1990. A alta anterior durante esse período foi de cerca de 1,6 milhões de prisões da Patrulha de Fronteira em 2000.

JSNEWS – O Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos – DHS registrou mais de 2 milhões de “encontros” com imigrantes ilegais na fronteira sul dos Estados Unidos no ano passado, os números finais do mês de dezembro foram divulgados pelo DHS em um comunicado nessa segunda-feira, 24. O DHS também informou que Alexandre Mayorkas, chefe do DHS, fará uma rápida visita a fronteira no próximo fim de semana para apreciar a situação

Mayorkas provavelmente ouvirá alguns detalhes sombrios dos próprios agentes que protegem a fronteira dos Estados Unidos com o México, e a confirmação de que as atividades criminais naquela parte do território americano estão praticamente fora de controle das autoridades.
As apreensões de drogas perigosas como fentanil estão aumentando e o trafico de pessoas continuam num ritmo incessante.

Fronteira

Mais de 44% dos encontros com imigrantes não autorizados no mês de dezembro foram com cidadãos do México, Honduras, Guatemala e El Salvador. Há um ano, esse número era de apenas 11%.

Analistas dizem que as mudanças políticas do governo Biden, incluindo o cancelamento de políticas duras de Trump, somado a politica de capturar e libertar de indocumentado e restringir a capacidade do ICE de ir deter de pessoas no interior serviram como um incentivo aos imigrantes ilegais de que podem chegar aos EUA e lá permanecerem por tempo indefinido.

“Agora não é o momento de incentivar a migração ilegal continuando suas políticas fracassadas”, disse o senador Rob Portman, o principal republicano do Comitê de Segurança Interna do Senado.Peço ao governo Biden que implemente um plano para conter o fluxo de migrantes ilegais e narcóticos ilícitos para que nossas comunidades em Ohio e em todo o país possam ser seguras.”

Chris Magnus, o novo comissário da equipe Biden na Alfândega e Proteção de Fronteiras, tentou colocar um foco positivo nas coisas em sua declaração anunciando os novos números, apontando para o trabalho da U.S. Customs and Border Protection – CBP no comércio legal.

Ele comemorou apreensões de US$ 30 milhões em produtos falsificados por oficiais nos portos de entrada em dezembro. Mas não havia muitas boas notícias para apontar.

Os 2,03 milhões de encontros registrados pela CPB são de longe um recorde para a agência em números que datam de meados da década de 1990. A alta anterior durante esse período foi de cerca de 1,6 milhões de prisões da Patrulha de Fronteira em 2000.

O mês passado também marcou o pior dezembro já registrado, com a Patrulha de Fronteira fazendo 170.186 prisões e agentes do CBP detendo outras 8.654 pessoas.

Um ponto positivo é que a Patrulha de Fronteira em dezembro prendeu apenas 11.743 jovens imigrantes ilegais viajando sem pais – os chamados Desacompanhados, ou UACs., foi o menor desde fevereiro.

Deixe um comentário

Leia também

Elon Musk desafia acusadora abuso sexual para descrever como são suas partes íntimas

JSNEWS – Elon Musk disse que a mulher que o acusou de má conduta sexual de ser uma &…