Home EUA Trump nega culpa por invasão ao Capitólio e critica pedido de impeachment
EUA - Mundo - Política - Trump - 7 dias atrás

Trump nega culpa por invasão ao Capitólio e critica pedido de impeachment

AE – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, negou nesta 3ª feira (12.jan.2021) qualquer responsabilidade pela invasão ao Capitólio, sede do Congresso norte-americano, por seus apoiadores na semana passada. Também disse que seu discurso durante um comício em 6 de janeiro, antes do ataque, foi “totalmente apropriado”.
As pessoas acharam que o que eu disse era totalmente apropriado, e se você olhar o que outras pessoas disseram, políticos de alto nível, sobre os distúrbios durante o verão, os horríveis distúrbios em Portland e Seattle e vários outros lugares, isso foi um problema real, o que eles disseram”, afirmou o presidente norte-americano a jornalistas na Base Conjunta Andrews, antes de embarcar para o Texas.

Trump também criticou o pedido de impeachment apresentado por representantes do Partido Democrata nessa 2ª feira (11.jan.2021). Disse que é “absolutamente ridículo” que a Câmara esteja buscando avançar rápido com o processo e acusá-lo de incitar uma insurreição.

Este impeachment está causando uma raiva tremenda e eles estão fazendo isso, e é realmente uma coisa terrível o que eles estão fazendo”, afirmou.

A 8 dias do fim de seu mandato, Trump é pressionado a deixar o cargo, seja por renúncia, pela evocação da 25ª Emenda da Constituição norte-americana ou por um novo processo de impeachment. Não há expectativa de que o vice-presidente Mike Pence avance com 25ª Emenda, regra ratificada em 1967 que trata de situações nas quais um presidente está inapto para continuar no cargo, mas não se demite. Abrange doenças físicas e mentais.

Após a invasão ao Capitólio, o presidente norte-americano também teve suas contas banidas ou suas publicações restringidas por ao menos 12 empresas de mídias sociais, que alegaram temer que as postagens de Trump incitem ainda mais a violência.

Trump ficou em silêncio depois de ter seus perfis bloqueados. Nesta 3ª feira (12.jan), ele falou pela 1ª vez sobre a questão: “É realmente uma coisa terrível o que eles estão fazendo”.

Para Trump as “big techs cometeram um erro terrível” ao bani-lo das redes sociais.

Deixe um comentário

Leia também

Rodrigo Maia se reunirá com embaixador chinês para discutir impasse sobre insumos para vacinas

ESTADÃO – Diante da dificuldade do Brasil em importar insumos para produzir vacinas …