Home Internacional Talibãs alertam para “consequências” caso EUA e aliados adiem saída do Afeganistão
Internacional - Mundo - Novo Normal - 08/23/2021

Talibãs alertam para “consequências” caso EUA e aliados adiem saída do Afeganistão

AFP – Estados Unidos e seus aliados se expõem a “consequências” caso adiem a saída do Afeganistão, prevista para 31 de agosto, para continuar com as operações de retirada em Cabul, advertiu nesta segunda-feira um porta-voz talibã ao canal britânico Sky News.

“Se Estados Unidos ou Reino Unido solicitarem mais tempo para continuar com as retiradas, a resposta é não. Ou haveria consequências”, declarou Suhail Shaheen, depois que o presidente americano Joe Biden, pressionado por seus aliados, abriu a possibilidade de manter as tropas no país além de 31 de agosto.

Shaheen referiu que muita gente procura sair do Afeganistão por razões “econômicas” e não por medo dos talibãs.

“Todos querem estabelecer-se em países ocidentais para ter uma vida próspera. Não se trata de medo”, disse o porta-voz, classificando de “notícias falsas” as informações de que os talibãs estão a procurar afegãos que ajudaram as forças estrangeiras.

Desde que os talibãs entraram em Cabul, há uma semana, milhares de pessoas reuniram-se perto do aeroporto internacional da capital para tentar sair do país antes de 31 de agosto, data fixada pelo governo dos Estados Unidos para a retirada final das suas forças no Afeganistão.

Diante do caos da retirada e sob pressão dos aliados, Joe Biden indicou considerar manter os soldados no país além desse prazo, referindo haver “discussões em andamento” sobre o assunto.

 

Deixe um comentário

Leia também

Governador do Texas faz barreira com viaturas policiais para deter imigrantes em Del Rio

JSNEWS – O governador do Texas, Greg Abbott (Rep), disse na terça-feira que as autor…