Home EUA Promotoria retira acusações contra uma juíza de Massachusetts que teria ajudado um indocumentado a fugir do ICE
EUA - Imigração - Local - Mundo - 2 semanas atrás

Promotoria retira acusações contra uma juíza de Massachusetts que teria ajudado um indocumentado a fugir do ICE

Os promotores federais rejeitaram as acusações de obstrução apresentadas contra a juíza do Tribunal Distrital de Newton, Shelley Joseph, em 2019, e em troca a juíza aceitou responder a uma comissão estadual que ficara encarregada de investigar a denúncia de má conduta judicial.

JSNEWS – Promotores federais disseram nesta quinta-feira, 22, que chegaram a um acordo para retirar as acusações criminais apresentadas durante o governo Trump contra uma juíza do estado de Massachusetts acusada de impedir que agentes federais dos Imigração e Fiscalização da Alfândega (ICE) efetuasse a detenção de um imigrante indocumentado em sua corte.

Os promotores federais rejeitaram as acusações de obstrução apresentadas contra a juíza do Tribunal Distrital de Newton, Shelley Joseph, em 2019, e em troca a juíza aceitou responder a uma comissão estadual que ficara encarregada de investigar a denúncia de má conduta judicial.

O caso

Medina-Perez (visto acima), que havia sido deportado em duas ocasiões anteriores, foi preso quatro dias antes por posse de drogas e por ser um fugitivo da justiça na Pensilvânia.
(Foto: DP Newton)

A juíza do Tribunal Distrital de Newton, Shelley Joseph, foi acusada em 2019 por ter impedido um agente do ICE de prender o imigrante José Medina-Perez, que já havia sido deportado e retornado aos Estados Unidos.

Medina-Perez havia sido preso quatro dias antes da audiência por posse de drogas, ele também tinha uma ordem de prisão pendente emitida pelo estado da Pensilvânia, a informação é da agência Reuters.

De acordo com a promotoria, a Juíza ordenou que as câmeras do tribunal fossem desligadas por 52 segundos enquanto ela e o advogado do réu tiveram uma conversa sobre como poderiam retirar o imigrante do tribunal em vez de entregá-lo ao oficial do ICE.

Na ocasião, Todd M. Lyons, diretor interino do escritório de operações de campo, execução e remoção do ICE em Boston, disse: “As ações da juíza neste incidente são um prejuízo ao Estado de Direito e altamente ofensivas aos policiais da ICE que fazem um juramento de defender as leis de imigração da nossa nação. Para que nosso sistema de justiça criminal funcione de forma justa para todas as pessoas, ele deve ser protegido contra funcionários judiciais que procuram substituir a implementação de nossas leis por suas próprias visões ideológicas ou agendas politicamente orientadas.”

Deixe um comentário

Leia também

Simone Tebet declara apoio a Lula: “Reconheço nele compromisso com a democracia”

FSP – A ex-candidata à presidência da República Simone Tebet (MDB) declarou voto ao …