Home Bizarro Procuradora-geral NY emite alerta para produtos derivados de cannabis em embalagens atrativas ao publico infantil

Procuradora-geral NY emite alerta para produtos derivados de cannabis em embalagens atrativas ao publico infantil

O “alerta” foi emitido pela procuradora nessa terça-feira, 26, uma vez que crianças podem confundir produtos derivados de maconha em forma de doces e consumi-los levando a “overdoses acidentais”

JSNEWS – A procuradora-geral de Nova York, Letitia James, emitiu um “alerta” para os pais ficarem atentos a doces e salgadinhos que podem conter “altos níveis de cannabis e tetrahidrocanabinol (THC)”, antes do Halloween.

O “alerta” foi emitido pela procuradora nessa terça-feira, 26, uma vez que crianças podem confundir produtos derivados de maconha em forma de doces e consumi-los levando a “overdoses acidentais”.

“Os pais de Nova York deveriam estar alertas para produtos contendo maconha em forma de lanches ou doces com concentrações perigosamente altas de THC para crianças”, disse Letitia James pelo Twitter.

“Esses produtos são especialmente perigosos para nossas crianças. Vimos um aumento de overdoses acidentais entre crianças em todo o país e é vital que façamos tudo o que pudermos para proteger nossas crianças ”, acrescentou ela. O THC é um produto químico psicoativo encontrado na cannabis e em seus produtos.

A prática de fumar maconha (cannabis) ou consumi-la em forma de docinhos, balas, bolos e salgadinhos é pratica difluída entre os usuários da erva nos Estados Unidos.

Embora a cannabis possa causar o que os Centros de Controle de Doenças dos EUA (CDC) classificam como um “distúrbio” entre “3 em cada 10 pessoas que usam maconha” é também improvável que ocorra uma “overdose fatal” devido a seu uso.

Alguns efeitos comuns do consumo de cannabis listados pelo CDC incluem confusão extrema, pânico e batimentos cardíacos acelerados.

O comunicado de imprensa e o tweet da Procuradora Geral incluíam fotos dos produtos de maconha que são similares às marcas de balinhas amplamente consumidos pelo publico infantil. Esses produtos contendo THC não foram feitos pelos fabricantes dos produtos originais, mas são imitações deles.

Embora o estado de Nova York tenha legalizado a cannabis para uso adulto no início deste ano, os produtos de cannabis para fins não médicos ainda não estão sendo vendidos legalmente no estado.

O departamento de justição de NY disse que um pacote padrão de um salgadinho destinado ao publico infantil da marca Cheetos contém 600 miligramas de THC, o que é “120 vezes o número máximo de adultos legais servindo nesses estados”. “É essencial que limitemos seu acesso para proteger nossas comunidades e, mais especificamente, nossas crianças. À luz de um aumento de overdoses acidentais entre crianças em todo o país ”, disse a Procuradora

Em 2020, mais de 70% das ligações relacionadas a produtos comestíveis de maconha para o Centro de Controle de Produtos Tóxicos envolviam crianças menores de 5 anos. Só no primeiro semestre de 2021, a Associação Americana de Centros de Controle de Produtos Tóxicos disseram ter recebido 2.622 chamadas para serviços relacionados com a ingestão de produtos derivados de cannabis por crianças.

 

Deixe um comentário

Leia também

Primeiros imigrantes são enviados de volta ao México na retomada do esquema “Fique no México” da era Trump

JSNEWS (Com Reuters e APNEWS) – Dois imigrantes foram devolvidos ao México pelas aut…