Home Biden “Parlamentarian” do Senado dos USA descarta Plano B para reforma da imigração
Biden - Imigração - Mundo - 3 semanas atrás

“Parlamentarian” do Senado dos USA descarta Plano B para reforma da imigração

JSNEWS – A “parlamentaranian” do Senado dos Estados Unidos, Elizabeth MacDonough, recusou pela segunda vez o plano dos democratas para incluir a reforma da imigração no pacote de gastos gerando mais revés no caminho para legalização de milhões de imigrantes indocumentados nos Estados Unidos.

Dessa vez, os democratas tentaram mudar uma lei federal de 1929 para realizar uma reforma imigratória a fim de regularizar milhões de indocumentados nos Estados Unidos, essa mesma estratégia foi usada em outras ocasiões, sendo a ultima em 1986 sob a administração do presidente republicano Ronald Reagan, quando foi determinado que todos os imigrantes que haviam chegado aos Estados Unidos antes de 1972 poderiam acessar residência permanente e, posteriormente, cidadania.

De acordo a proposta atual a data para 2010,  e assim permitindo que qualquer imigrante que esteja no país desde aquela data poderia ser beneficiar dessa lei  o que tornaria cerca de 6,7 milhões de pessoas elegíveis para a residência permanente legal.

Em seu parecer, MacDonough disse que a opção não era possível, de acordo com uma cópia da orientação obtida pelo site The Hill.

Mudar a data do registro é uma “mudança de política de peso e nossa análise desta questão é, portanto, basicamente a mesma” que a proposta anterior dos democratas de fornecer status de residente permanente legal, MacDonough disse aos democratas em sua orientação.

Presidente do Comitê Judiciário do Senado Dick Durbin (D-Ill.) Disse que estava “desapontado” com a decisão e que os deixou com opções “limitadas”.

Os democratas inicialmente sugeriram a MacDonough que usasse o pacote de gastos para fornecer 8 milhões de green cards para imigrantes em quatro grupos: Dreamers, titulares de status de proteção temporária (TPS), trabalhadores agrícolas e outros trabalhadores essenciais. Mas ela rejeitou essa proposta no início deste mês, dizendo que “não era apropriado” para o projeto de reconciliação.

Os democratas então propuseram a mudança na data do registro para determinados imigrantes, atualmente, a lei permite que imigrantes sem documentos que vieram para os Estados Unidos antes de 1972 solicitem status legal.

Deixe um comentário

Leia também

EUA tem muitos empregos, poucos candidatos e salários em alta

AFP – Conseguir trabalhadores se tornou uma tarefa difícil nos Estados Unidos, onde …