Home Internacional Operação contra traficantes de drogas desencadeia caos em dois estados do México
Internacional - Mundo - 08/11/2022

Operação contra traficantes de drogas desencadeia caos em dois estados do México

AFP – Confrontos entre militares e traficantes de drogas deixaram um morto e vários veículos e comércios queimados em dois estados do México, informaram as autoridades nesta quarta-feira (10).

Os confrontos eclodiram no município de Ixtlahuacán del Río (Jalisco, oeste), depois que policiais uniformizados invadiram uma reunião entre traficantes de drogas.

Em retaliação, e para evitar a chegada de reforços oficiais, os criminosos lançaram ataques nas localidades de Jalisco e Guanajuato (centro), dois dos seis estados que respondem por metade dos homicídios cometidos no país, a maioria atribuída ao crime organizado.

“Aparentemente houve uma reunião, uma reunião de duas gangues e (…) chegaram elementos do Ministério da Defesa, houve confrontos, houve prisões”, disse o presidente Andrés Manuel López Obrador nesta quarta-feira, durante sua habitual entrevista coletiva.

Um atirador morreu e outras cinco pessoas foram detidas em Jalisco, informou o governador local, Enrique Alfaro.

A mídia local informou que entre os detidos há membros do Cartel Nova Geração de Jalisco (CJNG), um dos mais poderosos do país. López Obrador confirmou que a operação fez com que grupos criminosos queimassem veículos para dificultar as ações das autoridades na região metropolitana de Guadalajara (capital de Jalisco) e no estado vizinho de Guanajuato.

“Já há detidos tanto em Jalisco quanto em Guanajuato daqueles que estavam na reunião (…), aparentemente líderes de grupos criminosos”, disse López Obrador.

Só em Jalisco, pelo menos 13 veículos e uma mercearia foram queimados.

Ações semelhantes foram desencadeadas em municípios de Guanajuato, onde dois supostos agressores foram capturados, segundo o governo local.

Uma imagem de vídeo-vigilância mostra o momento em que homens armados interceptam um motorista em Zapopan e, após obrigá-lo a sair, incendiaram seu carro.

Após os incidentes, o consulado dos Estados Unidos em Guadalajara emitiu um alerta de segurança e pediu que seus funcionários seguissem as instruções das autoridades locais e buscassem refúgios seguros.

Em março passado, o consulado dos EUA na cidade de Nuevo Laredo fechou por tempo indeterminado depois que a captura de um capo reivindicado pelos Estados Unidos desencadeou tiroteios nos quais a sede diplomática foi atingida.

Deixe um comentário

Leia também

Atirador invade escola na Bahia e mata aluna cadeirante

Da Redação – Uma aluna cadeirante, de 20 anos, morreu em ataque a tiros a uma escola…