Home Biden O dia 13 de maio é decisivo para aplicação do Título 42
Biden - Imigração - Internacional - Mundo - 05/10/2022

O dia 13 de maio é decisivo para aplicação do Título 42

O Secretário de Segurança Interna, Alejandro Mayorkas, diz ter um novo plano para a fronteira quando o Titulo 42 for suspensa e que essa politica também esta focada na remoção acelerada de não cidadãos sob o Título 8, ou seja, para aqueles que não cumprem os requisitos para pedir asilo nos Estados Unidos.

JSNEWS – Em 27 de abril desse ano, o juiz distrital dos EUA, Robert Summerhays, confirmou sua decisão de impedir, temporariamente, a administração do presidente Joe Biden de acabar com a execução do Título 42 em 23 de maio, uma política que permite que os imigrantes sejam rapidamente removidos na fronteira sem direito à petição de asilo.

O juiz marcou uma nova audiência em 13 de maio para decidir se a suspensão será permanente, em resposta a um processo dos governos republicanos do Missouri, Louisiana e Arizona, que alegaram que a extinção da aplicação do Título 42, imposto pelo ex-presidente Donald Trump no início da pandemia COVID-19, agravaria a situação migratória na fronteira com o México.

O Secretário de Segurança Interna, Alejandro Mayorkas, diz ter um novo plano para a fronteira quando o Titulo 42 for suspensa e que essa politica também esta focada na remoção acelerada de não cidadãos sob o Título 8, ou seja, para aqueles que não cumprem os requisitos para pedir asilo nos Estados Unidos.

Temendo uma possível onda de imigrantes sem precedentes na fronteira, republicanos e alguns democratas têm incentivado novas negociações com o presidente mexicano Andres Manuel Lopez Obrador, sobre a questão migratória.

Uma porta-voz da casa Branca disse que os presidentes Biden e Lopez Obrador sempre mantiveram um diálogo “construtivo” sobre imigração e outras questões fronteiriças.

Os republicanos estão focados em manter as expulsões rápidas, embora os defensores dos imigrantes digam que isso coloca em perigo milhares de imigrantes. De acordo com a Human Rights First, houve mais de 10.000 ataques violentos no México contra aqueles que foram expulsos pelo  Título de 42.

Deixe um comentário

Leia também

Atirador mata 15 pessoas em escola em Izhevsk, na Rússia

Da Redação – Um atirador com uma suástica desenhada em sua camiseta matou 15 pessoas…