Home Cultura Número de adultos nos EUA que se identificam como LGBT dobrou na última década, diz estudo
Cultura - Curiosidades - EUA - Local - Mundo - Novo Normal - 02/18/2022

Número de adultos nos EUA que se identificam como LGBT dobrou na última década, diz estudo

A pesquisa estimou que de todos os americanos LGBT, cerca de 57% se identificaram como bissexuais. Essa porcentagem se traduz em 4% de todos os adultos americanos.

JSNEWS – Uma nova pesquisa da Gallup descobriu que o número de americanos que se identificam como “algo diferente do heterossexual” dobrou na última década.

Atualmente, 7,1% dos americanos se consideram com uma identidade LGBT, de acordo com o estudo, que foi baseado em dados agregados de 2021 e incluiu entrevistas com mais de 12.000 adultos americanos. Esse número é mais que o dobro de 3,5% em 2012.

Dos adultos pesquisados, 86,3% disseram ser heterossexuais enquanto e 6,6% não opinaram.

O estudo também revelou que, embora a identificação LGBT tenha sido estável nas gerações mais velhas, ela tem aumentado significativamente nas gerações mais jovens. Mais de 20% dos adultos da Geração Z – aqueles nascidos entre 1997 e 1999 – identificam-se como LGBT, seguidos por 10,5% dos millennials, 4,5% da Geração X e 2,6% dos baby boomers.

“A porcentagem de Gen Z que são LGBT quase dobrou desde 2017, quando apenas a vanguarda dessa geração chegou à idade adulta. Naquela época, 10,5% da pequena fatia da geração que eram adultos identificados como LGBT”, disse Gallup.

Finalmente, a pesquisa estimou que de todos os americanos LGBT, cerca de 57% se identificaram como bissexuais. Essa porcentagem se traduz em 4% de todos os adultos americanos.


De acordo com a pesquisa, bissexual é o status LGBT mais comum entre Gen Z, millennials e Gen X, enquanto os americanos mais velhos são tão propensos a dizer que são gays ou lésbicas quando dizem que são bissexuais.

No geral, 15% dos adultos da Geração Z dizem que são bissexuais, assim como 6% dos millennials e pouco menos de 2% da Gen X.

Enquanto isso, 21% dos americanos LGBT dizem que são gays, 14% lésbicas, 10% transgêneros e 4% outra coisa. Cada um deles representa menos de 2% dos adultos americanos.

“Graças ao aumento da visibilidade, representação e igualdade, mais e mais americanos LGBTQ são capazes de sair e viver como nossos eus autênticos. Mas os novos dados mostram que também temos muito o que conversar antes que a representação LGBTQ atenda às necessidades da Gen Z, que agora é 21% LGBTQ”, disse Sarah Kate Ellis, presidente e CEO da GLAAD. “Os fatos são claros, nossa comunidade está crescendo e vamos nos sentar à mesa.”

Deixe um comentário

Leia também

Bolsonaro diz a TV americana que EUA podem virar país isolado se esquerda vencer no Brasil

ESTADÃO – O presidente Jair Bolsonaro afirmou em entrevista à emissora de televisão …