Home Comunidade Mulher que abandonou bebê na lata de lixo em Dorchester é acusada de tentativa de homicídio
Comunidade - Local - Mundo - Novo Normal - Policial - 03/04/2021

Mulher que abandonou bebê na lata de lixo em Dorchester é acusada de tentativa de homicídio

O Tribunal Municipal de Dorchester ordenou que Marie Merisier, de 33 anos, fosse mantida sob prisão e fixou fiança de $ 100.000

JSNEWS – Marie Merisier, uma imigrante haitiana de 33 anos residente em Milton, Massachusetts, foi acusada nessa segunda-feira,2, de tentativa de homicídio após ter, supostamente, abandonado seu bebê recém-nascido em uma lata de lixo em uma movimentada Avenida em Dorcechester, na região metropolitana de Boston.

De acordo com promotores do Gabinete do Procurador Distrital de Suffolk, Marie Merisier estava limpando uma casa de um homem de 73 anos, em  Dorchester, quando foi ao banheiro por um longo período de tempo. O homem disse as autoridades que Merisier pediu a ele uma tesoura antes de entrar no banheiro, e acrescentou que escutou o choro de um bebe e outros ruídos.

Quando ela saiu do banheiro, o idoso disse ter ‘ouvido o recém-nascido chorar dentro de uma bolsa de couro‘. Ele disse as autoridades que se ofereceu para chamar uma ambulância mas Merisier  recusou, partindo logo em seguida. Ele também disse que ligou para os serviço emergência assim que ela saiu de seu apartamento. Próximo dali, uma mulher chamada Silvana Sanchez, que estava passando pela Ave. Dorchester, ouviu o choro do bebê vindo de uma lata de lixo. Ela imediatamente sinalizou para o serviço de emergência que havia sido chamado pelo idoso. Os agentes que atenderam o chamado retiraram um pacote plástico de nó duplo da lixeira e dentro dele, um bebê vivo.

O menino foi levado às pressas para um hospital próximo e estava em boas condições. Ele passa bem e foi colocado em um lar temporário sob a supervisão do Departamento de Crianças e Famílias do estado.

Merisier também foi levada a um hospital após a polícia rastrear seu telefone. Ela disse às autoridades que acreditava que o bebê estava morto. A promotoria afirma ter um vídeo em que Merisier aparece jogando o pacote plástico perecido com aquele em que o bebe foi encontrado na lata de lixo. Ela se declarou não culpada perante ao Tribunal Distrital de Dorchester das acusações de tentativa de homicídio e perigo imprudência.

Desempregada e sem familiares, a Haitiana disse que não tem como pagar a fiança de 100 mil dólares.

Utilidade publica – Desde 2004, o Safe Haven Act de Massachusetts permite que um pai entregue legalmente bebês recém-nascidos de 7 dias de idade ou menos em qualquer hospital, delegacia de polícia ou corpo de bombeiros sem medo de enfrentar um processo criminal.
Além disso, os serviços estão sempre disponíveis para ajudar os novos pais: A linha de atendimento parental, 800-632-8188, funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana em todos os idiomas, e a National Safe Haven Alliance tem uma linha de emergência 24 horas nos sete dias da semana no número 888-510-BABY.

Deixe um comentário

Leia também

O drama por trás da história de Wilton, o menino que foi abandonado por traficantes na fronteira mexicana

JSNEWS – A família de um menino da Nicarágua encontrado sozinho na fronteira entre M…