Home Massacre Misterioso surto de hepatite em crianças pode estar a cães, informa CDC
Massacre - Mundo - Novo Normal - Saúde - 05/10/2022

Misterioso surto de hepatite em crianças pode estar a cães, informa CDC

Não há indicação de que o vírus esteja ligado às vacinas COVID-19, disse Butler, acrescentando que, como a idade mediana das crianças afetadas é de dois anos, a maioria não teria sido elegível para vacinas, que só foram aprovadas até agora para crianças com mais de cinco anos de idade.

JSNEWS – Os Centros de Controle de Doenças (CDC) nos Estados Unidos estão investigando as causas do surto de hepatite que matou cinco crianças nos EUA e infectou outras dezenas poderia estar ligado a cães de estimação.

As autoridades de saúde dos EUA identificaram 109 casos de hepatite, cerca de 90% dessas crianças foram hospitalizadas e 14% precisavam de transplantes de fígado, os casos estão concentrados em crianças que estão na fase pré-escolar, em media 2 anos de idade e foram registradas nos últimos nos últimos sete meses em 24 estados americanos e no estado associado de Porto Rico, a informação é do CDC e foi divulgada nessa sexta-feira,06 pelo vice-diretor, Jay Butler, que também informou que todos os infectados eram saudáveis e não apresentavam comorbidades.

Casos semelhantes foram relatados fora dos EUA

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que, até 1º de maio, havia registrado 228 casos prováveis em 20 países, a maioria na Europa e nos EUA.

Uma possível ligação entre o incomum número de casos agudos de hepatite pediátrica e cães teve origem em um relatório da Agência de Segurança sanitária do Reino Unido também divulgado nessa nessa sexta-feira,06.

O Reino Unido reportou 163 casos de hepatite aguda em crianças desde 3 de maio. O relatório da agência diz que sua principal hipótese é que o surto está ligado a um adenovírus, um vírus comum que geralmente causa sintomas leves de resfriado ou gripe.

Mas o relatório também disse que estava analisando a exposição a outros fatores ambientais, e observou que uma revisão de seus questionários encontrou um número relativamente alto de famílias que possuem cães entre os casos registrados, totalizando cerca de 70% dos casos em que os dados estavam disponíveis. Ele reconheceu, no entanto, que a posse de cães de estimação é comum no Reino Unido.

Mais da metade dos casos nos EUA também deu positivo para adenovírus, disse Butler, acrescentando que o CDC continua investigando todos os possíveis fatores contribuintes, incluindo a exposição a cães.

“Estamos realmente dirigindo uma ampla investigação e mantendo a mente aberta para estudar os casos de adenovírus ou se pode haver outros fatores que estão fazendo com que as infecções por adenovírus se manifestem de uma maneira que não foram percebidas anteriormente”, disse ele.

O risco de hepatite em crianças permanece baixo, dizem as autoridades de saúde. Os principais sintomas da doença são vômitos, urina escura, fezes claras e icterícia, em que a pele ou os brancos dos olhos ficam amarelos.

Não há indicação de que o vírus esteja ligado às vacinas COVID-19, disse Butler, acrescentando que, como a idade mediana das crianças afetadas é de dois anos, a maioria não teria sido elegível para vacinas, que só foram aprovadas até agora para crianças com mais de cinco anos de idade.

“A vacinação covid-19 não é a causa dessas doenças, e esperamos que essas informações ajudem a esclarecer algumas das especulações que circulam online”, disse ele.

Deixe um comentário

Leia também

Atirador mata 15 pessoas em escola em Izhevsk, na Rússia

Da Redação – Um atirador com uma suástica desenhada em sua camiseta matou 15 pessoas…