Home EUA Legisladores insistem para que a administração Biden divulgue as conclusões da investigação sobre as ‘chicotadas contra imigrantes na fronteira’
EUA - Imigração - Mundo - Policial - 02/01/2022

Legisladores insistem para que a administração Biden divulgue as conclusões da investigação sobre as ‘chicotadas contra imigrantes na fronteira’

JSNEWS – Um grupo de legisladores republicanos escreveu uma carta ao secretário de Segurança Interna, Alejandro Mayorkas, insistindo que a administração Biden divulgasse as conclusões de sua investigação sobre acusações de que agentes da Patrulha de Fronteira, montados em cavalos, foram fotografados chicoteando migrantes haitianos.
“Já se passaram mais de quatro meses desde que membros seniores da Administração Biden, incluindo o presidente Biden e a secretária de Imprensa, Jen Psaki participaram de uma falsidade amplamente difundida e acusaram agentes da Patrulha de Fronteira dos Estados Unidos de ‘chicotear’ migrantes haitianos que tentavam atravessando ilegalmente o Rio Grande com destino aos Estados Unidos perto de Del Rio, Texas, em 19 de setembro de 2021”, lê a carta enviada a Mayorkas nessa segunda-feira.

Em questão estavam imagens que mostravam agentes da Patrulha de Fronteira a cavalo impedindo que migrantes haitianos cruzassem a fronteira, uma foto mostra um agente agarrando a camisa de um migrante. As imagens se tornaram controversas depois que alguns meios de comunicação e legisladores democratas afirmaram incorretamente que as rédeas divididas usadas para controlar os cavalos dos agentes eramchicotes” sendo usados nos migrantes.

“Ver as pessoas tratadas como eles os trataram, cavalos correndo, pessoas sendo amarradas – é ultrajante”, disse o presidente Biden na época, fazendo um movimento de chicote com a mão. “Eu prometo a você, essas pessoas vão pagar. Haverá uma investigação em andamento agora e haverá consequências. Haverá consequências”.

Os comentários indignaram os agentes da Patrulha de Fronteira, que argumentaram que o presidente jogou os oficiais sob o ônibus sem entender para que as rédeas eram realmente usadas.

Milhares de haitianos abrigados debaixo da Ponte Internacional entre Mexico e Estados Unidos em Del Rio no Texas (Foto: Frame video redes sociais / arquivo)

A carta, assinada pelos representantes do Texas Chips Roy, Brian Babin e Michael Cloud, bem como os representantes Andy Biggs, R-Ariz., Scott Perry, R-Pa., Mary Miller, R-ILl., e Darrell Issa, R-Calif., cita um funcionário anônimo do DHS dizendo que “duvidam que a atual administração divulgará este relatório do incidente da patrulha de cavalos porque faz a administração parecer terrível”.
Mayorkas havia prometido em setembro que um relatório sobre o incidente estaria disponível para os legisladores em “questão de dias, não semanas”, um prazo auto-imposto que já foi perdido por mais de quatro meses.

“Como foi bem documentado, a narrativa de ‘chicotear’ foi baseada em uma fotografia que se tornou viral nas redes sociais”, diz a carta. “Enquanto essa narrativa foi mais tarde desmascarada pelo próprio fotógrafo da foto, a narrativa generalizada de chicotear com base em uma mentira demonstrativa — especialmente por membros desta administração — exige que o registro público seja finalizado divulgando publicamente o ‘trabalho investigativo'”.

Deixe um comentário

Leia também

Elon Musk desafia acusadora abuso sexual para descrever como são suas partes íntimas

JSNEWS – Elon Musk disse que a mulher que o acusou de má conduta sexual de ser uma &…