REUTERS – O juiz da Suprema Corte dos Estados Unidos Brett Kavanaugh tentou deixar para trás, na segunda-feira, uma controversa batalha de confirmação no Senado, ao participar de cerimônia na Casa Branca na qual o presidente Donald Trump o declarou inocente de acusações de assédio sexual e pediu desculpas pelo intenso processo. Kavanaugh, cuja indicação à Suprema Corte quase foi negada depois que uma professora da Califórnia o acusou de agredi-la sexualmente quando os dois estavam no ensino médio, disse que começará seu novo trabalho sem ressentimentos, apesar de uma briga política que, como disse a parlamentares, destruiu sua família e seu nome.

“O processo de confirmação do Senado foi controverso e emotivo. Esse processo acabou. Meu foco agora é ser o melhor juiz que posso ser”, disse Kavanaugh na Casa Branca, ao lado de sua mulher e filhas.

Kavanaugh disse que pretende ser uma força de estabilidade e união na corte, cujos outros oito membros também compareceram à cerimônia.

“Embora o processo de confirmação do Senado tenha me testado como testou outros, ele não me mudou”, disse.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Leia também

Dentista perde prisão domiciliar após publicar foto em Campos do Jordão, defesa alega que foi #tbt

Da Redação – A dentista Kelen Reolon de Souza, de 39 anos, foi reconduzida à prisão …