Home Biden Juiz federal bloqueia ordem governamental de suspenção da título 42
Biden - EUA - Imigração - Mundo - Novo Normal - 05/21/2022

Juiz federal bloqueia ordem governamental de suspenção da título 42

Um juiz federal emitiu na sexta-feira uma decisão ordenando a continuação da execução do Título 42 na fronteira, impedindo muitos de asilo, e bloqueando o mandato do governo Biden que planejava suspendê-lo na próxima segunda-feira.

JSNEWS – O juiz Robert Summerhays, do Tribunal Distrital dos EUA em Lafayette, Louisiana,  emitiu nesta sexta uma ordem temporária favorável a manter a medida título 42. Na decisão de 47 páginas, Summerhays disse que o CDC deveria ter permitido que o público comentasse sobre o término do Título 42 antes de decidir rescindi-lo. “Simplificando, o CDC não explicou como as circunstâncias atuais impediram o CDC de emitir a ordem de rescisão através do processo de aviso prévio e comentário necessário”, escreveu o juiz.

A Casa Branca expressou seu desacordo com a sentença e anunciou que o Departamento de Justiça vai apelar da decisão, destacou em nota a porta-voz, Karine Jean-Pierre.

Ativistas acreditam que no atual contexto político, Biden pode manter a medida por meses.

A decisão dessa sexta-feira, significa mais atrasos para milhares de pessoas que esperam a oportunidade de cruzar a fronteira mexicana em direção aos Estados Unidos.  Funcionários do Departamento de Segurança Interna (DHS) disseram que estavam se preparando para receber até 18.000 migrantes por dia, contra 8.000 hoje, se a ordem fosse retirada.

O que é o Título 42?

O Título 42 é o nome coloquial de uma medida sanitária pública que data de 1893, quando os Estados Unidos tentavam frear surtos de cólera e febre amarela. Desde então, raramente foi aplicada.

Acampamentos improvisados ao longo da fronteira do lado mexicano. As tendas abrigaram imigrantes esperando o título 42 terminar para cruzar a fronteira em Reynosa -Mexico (Foto –INM México via Fox News).

Em março de 2020, o governo do então presidente Donald Trump invocou seu uso diante da propagação da covid-19 para expulsar imediatamente pessoas sem visto que chegavam à fronteira terrestre.

A expulsão sob o Título 42 é imediata e não contempla processo jurídico, nem obriga deportar os imigrantes a seus países de origem.

Há algumas exceções, a depender das nacionalidades, como ocorreu com milhares de ucranianos que chegaram à fronteira terrestre com o México, fugindo da invasão russa.

Desde março de 2020, mais de 1,9 milhão de imigrantes foram expulsos dos Estados Unidos por cruzarem a fronteira sul de formar ilegal sob a aplicação da medida  Título 42.

– O que acontece na fronteira dos Estados Unidos?

A maioria dos imigrantes sem visto que chegam à fronteira terrestre com o México provém da América Central e do Sul. Antes de o Título 42 entrar em vigor, um imigrante poderia se apresentar às autoridades fronteiriças pedindo asilo, o que iniciava um processo longo de várias etapas.

Mas desde a aplicação da medida sanitária, as autoridades americanas podem expulsar imediatamente os migrantes que cruzam a fronteira sem visto, independentemente de sua condição.

Esta expulsão é executada sem consequências legais. Não há penalização pela tentativa de cruzar ilegalmente, razão pela qual uma pessoa expulsa pode voltar a tentar várias vezes.

 

Deixe um comentário

Leia também

O condenado à morte nos EUA que ganhou na Justiça direito de ser fuzilado

BBC BRASIL – A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu na quinta-feira (23/6) que u…