Home Bizarro Homem que agrediu presidente francês é condenado a quatro meses de prisão
Bizarro - Internacional - Mundo - Novo Normal - Policial - 1 semana atrás

Homem que agrediu presidente francês é condenado a quatro meses de prisão

Tribunal francês em Valence condenou Damien Tarel, de 28 anos, que agrediu Emmanuel Macron a 18 meses de prisão, dos quais 14 com suspensão condicional da pena

AFP – O Ministério Público havia solicitado uma pena de 18 meses de prisão contra Damien Tarel, de 28 anos, por “violência contra pessoa que detém autoridade pública“.

O homem admitiu em uma audiência judicial ter batido no rosto do presidente há dois dias, durante uma visita à cidade de Valence.
Durante a audiência, o representante do MP considerou que a agressão, que qualificou de “absolutamente inadmissível“, foi um “ato de violência deliberada“.

Descrito por seus amigos como tímido e afável, Damien Tarel explicou aos agentes que simpatizava com o movimento antigovernamental dos “coletes amarelos” e declarou ter afinidades com a direita e a extrema direita, embora “sem pertencer a nenhum partido“.

O incidente ocorreu na terça-feira na cidade de Tain-l’Hermitage, enquanto Macron abordava um grupo de pessoas durante uma visita presidencial, e provocou a indignação de toda a classe política francesa.
O presidente, porém, relativizou o incidente, chamando-o de “ato isolado” cometido por “indivíduos ultraviolentos“.

Macron, de 43 anos, buscará no próximo ano um segundo mandato tendo a líder da extrema direita Marine Le Pen como sua principal rival, de acordo com as pesquisas.

Deixe um comentário

Leia também

Seis dias após mal súbito no gramado, Eriksen tem alta médica na Dinamarca

ESTADO – O meia dinamarquês Christian Eriksen recebeu alta do hospital Rigshospitale…