Home EUA Homem preso por crime de ódio contra mulher asiática estava em liberdade condicional por ter matado a mãe
EUA - Mundo - Policial - 03/31/2021

Homem preso por crime de ódio contra mulher asiática estava em liberdade condicional por ter matado a mãe

Elliot estava em liberdade condicional após cumprir uma condenação de 20 anos por ter matado mãe a facadas em 2002, quando tinha 19 anos

JSNEWS – Brandon Elliot, 38, foi preso na manhã desta quarta-feira pela policia de Nova York, ele é suspeito de ser o autor da agressão contra uma mulher asiática de 65 anos ocorrido nesta segunda-feira,29. O Departamento de Policia de Nova York (NYPD) afirmou que ele é o homem que aparece nos vídeos que foram divulgados na terça-feira pelo NYPD em seu esforço para identificar o agressor que aparece protagonizando a cena de violência.

Elliot estava em liberdade condicional após cumprir uma condenação de 20 anos por ter matado mãe a facadas em 2002, quando tinha 19 anos. Ele foi libertado da prisão em 2019. O Conselho de Liberdade Condicional já havia negado sua condicional em duas outras ocasiões. O registro criminal de Elliot também consta uma prisão por roubo em 2000.

Sobre o ataque a mulher asiática, a polícia disse que ela foi esmurrada e chutada no centro de Manhattan por um agressor que a policia afirma ser Eliot e que ele fez declarações anti-asiáticas em relação a ela durante a agressão. O ataque foi filmado pelas câmeras de segurança e foram amplamente divulgadas pelas autoridades.

O incidente ocorre em um momento em que a cidade de Nova York e outras cidades dos Estados Unidos registram um aumento nos relatos de ataques contra asiáticos.

A unidade de Crimes de Ódio da NYPD agradeceu a seus detetives e ao público pela ajuda na investigação deste caso e disse que chegou ao suspeito das agressões através de uma mensagem encaminhada através redes sociais a NYPD na manhã desta quarta-feira.

Deixe um comentário

Leia também

Talibãs fazem pedido à ONU para discursar em Assembleia Geral

EFE – O Talibã formalizou na última segunda-feira (20) um pedido para discursar na 7…