Home Biden “Haverá uma onda de imigração ilegal como nunca visto no mundo”, adverte Trump sobre o fim da Título 42
Biden - Imigração - Mundo - Trump - 04/11/2022

“Haverá uma onda de imigração ilegal como nunca visto no mundo”, adverte Trump sobre o fim da Título 42

Trump alertou que quando os republicanos controlarem o Congresso, mais agentes do ICE serão contratados para deportar imigrantes e não deixá-los entrar nos EUA novamente.

JSNEWS – O ex-presidente Donald Trump disse, nesse fim semana, que o fim da Título 42 em 23 de maio significará “abrir as comportas para os imigrantes indocumentados” e que haverá uma onda de imigrantes indocumentados invadindo os Estados Unidos sem precedentes. A advertência foi feita durante um comício realizadfi em Selma, no estado americano da Carolina do Norte.

O republicano também criticou o presidente Joe Biden por acabar com a controversa medida de saúde contra a pandemia COVID-19, que é usada como um processo de deportação acelerada.
Trump expressou orgulho dessa política. “Com o anúncio da semana passada de que a Administração Biden rescindirá as proteções cruciais da Título 42 que coloquei em prática para expulsar rapidamente estrangeiros ilegais, Biden está deliberadamente abrindo as comportas para uma onda de imigração ilegal como nunca antes visto no mundo,disse.

A título 42 foi imposto em março de 2020 com o aval dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) em face da pandemia COVID-19, permitiu que agentes da Alfândega e Proteção de Fronteiras (CBP) expulsassem rapidamente os imigrantes por dois anos, sem lhes dar a oportunidade de solicitar asilo, algo que tem sido criticado por ativistas e defensores dos direitos civis.

No exercício de 2021, por exemplo, cerca de 1,5 milhão de imigrantes foram expulsos sob essa política; enquanto em fevereiro do ano fiscal atual, que começou em outubro do ano passado, 427.034 imigrantes foram processados pela Título 42, de acordo com as estatísticas do CBP. Os republicanos expressaram críticas à decisão do presidente Biden de acabar com a política.

As administrações republicanas do Arizona, Louisiana e Missouri pediram na semana passada ao Tribunal Distrital de Louisiana para bloquear a suspensão da Título 42.

Trump emitiu um aviso aos imigrantes que buscam chegar aos EUA a partir de 23 de maio: “A todos os potenciais estrangeiros ilegais que estão atualmente pensando em cruzar as fronteiras dos Estados Unidos, por causa das ações de Joe Biden, ouçam estas palavras: se entrarem ilegalmente… você pode ter certeza de que quando os republicanos retomarem o poder, contrataremos milhares de novos agentes do ICE para reverter essa injustiça, vamos encontrá-los, vamos detê-los, vamos deportá-los e nunca mais poderão entrar em nosso país.”

Em seu comício na Carolina do Norte, o ex-presidente Trump também disse que quando os republicanos recuperarem a maioria na Câmara e no Senado, eles precisarão remover o secretário de Segurança Interna, Alejandro Mayorkas, a quem ele acusou de não “selar” a fronteira.

Deixe um comentário

Leia também

O condenado à morte nos EUA que ganhou na Justiça direito de ser fuzilado

BBC BRASIL – A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu na quinta-feira (23/6) que u…