Home EUA Governador de Massachusetts ativa Guarda Nacional para apoiar hospitais diante do aumento dos casos de COVID-19
EUA - Local - Mundo - Novo Normal - Saúde - 12/22/2021

Governador de Massachusetts ativa Guarda Nacional para apoiar hospitais diante do aumento dos casos de COVID-19

Todos os hospitais do estado foram instruídos a adiar ou cancelar todos os procedimentos eletivos não essenciais que possam resultar na internação de pacientes a partir de 27 de dezembro

JSNEWS – A Administração Baker anunciou nessa terça-feira, 21, a recomendação do uso de máscaras em espaços fechados no estado de Massachusetts. Ele também informou que 500 membros da Guarda Nacional foram mobilizados para dar suporte aos hospitais diante do aumento dos casos de COVID-19.

“Atualizamos o alerta para o uso de máscara em espaços públicos cobertos, independentemente do status de vacinação”, disse o governador Charlie Baker durante uma reunião na Câmara. “Continuaremos com uma saúde pública mais abrangente para que as pessoas possam tomar decisões informadas sobre como se proteger”.

Massachusetts Governor Charlie Baker. (PHOTO: STATE HOUSE NEWS SERVICE)

Em nota publicada pelo Departamento de Saúde Pública afirma que: “as pessoas que têm um sistema imunológico enfraquecido ou que têm um risco aumentado de doença grave devido à idade ou a uma condição médica, ou se alguém em sua casa tem um sistema imunológico enfraquecido, têm um risco aumentado de doenças graves, devem observar o uso de mascaras.”

Baker disse que o Estado apoiará comunidades que adotam protocolos de segurança adicionais“. “Em um futuro próximo, Massachusetts e a maioria do país verão o numero de casos (de Covid) aumentarem”, disse Baker, acrescentando que “pessoas vacinadas podem testar positivo, mas suas chances de morrer ou ficar gravemente doentes são tão pequenas que desaparecem em comparação com as não vacinadas”.

As autoridades também disseram que até 300 membros da Guarda começarão a treinar esta semana para apoiar 55 hospitais em tratamento intensivo, bem como 12 prestadores de serviços de emergência e ambulâncias em todo o estado que precisam de “apoio não clínico”. Em última análise, até 500 membros da Guarda poderiam ser ativados até 27 de dezembro.

Além disso, todos os hospitais, a partir das 12h01.m do dia 27 de dezembro, são instruídos a “adiar ou cancelar todos os procedimentos eletivos não essenciais que possam resultar na internação de pacientes internados”.

As autoridades estaduais disseram que uma escassez crítica de pessoal contribuiu para a falta de aproximadamente  500 leitos médicos, cirúrgicos e de UTI em todo o estado.

As medidas anunciadas pelo governador é decorrente da variante ômicron tornou-se dominante no estado de Massachusetts e em todos os Estados Unidos. Há pouco mais de uma semana ela foi responsável por menos de 2% dos novos casos no estado. Em uma semana, subiu até 38%.

Baker também reiterou que os testes continuam sendo importantes. “Testes rápidos que são feitos em casa podem impedir a transmissão esses testes podem oferecer um pouco mais de paz de espírito nesta temporada de férias”, disse.

No início dessa semana a prefeita de Boston disse que a taxa de ocupação de UTIs  chegou a 95% levando a cidade a exigir o uso de mascaras em ambientes fechados.

Deixe um comentário

Leia também

Olivia Newton-John morre aos 73 anos

Da Redação – Olivia Newton-John morreu aos 73 anos, nesta segunda-feira (8). A morte…