Home Mundo Estados Unidos superam marca de um milhão de mortes por Covid-19
Mundo - Saúde - 1 semana atrás

Estados Unidos superam marca de um milhão de mortes por Covid-19

A OMS afirmou na semana passada que a pandemia provocou entre 13 e 17 milhões de mortes no mundo, de janeiro de 2020 a dezembro de 2021, quase o triplo do total do balanço oficial, o que mostra a devastação provocada pela pandemia mais grave registrada no planeta em um século.

Da Redação – Mais de um milhão de pessoas morreram de covid-19 nos Estados Unidos, país com o maior número de vítimas no planeta, informou a Casa Branca nesta quinta-feira (12). Em comunicado, o presidente do país, Joe Biden, pediu aos norte-americanos que continuem “vigilantes” e lamentou as mortes.

“Nós devemos permanecer vigilantes contra esta pandemia e fazer tudo para salvar o maior número possível de vidas, como fizemos com mais testes, vacinas e tratamentos do que nunca antes”, afirmou o presidente.

"Hoje, chegamos a um trágico marco: um milhão de vidas americanas perdidas para a Covid-19. Um milhão de cadeiras vazias ao redor da mesa de jantar. Cada uma delas uma perda irreparável. Cada uma delas deixando para trás uma família, uma comunidade, e uma nação que mudou para sempre por causa dessa pandemia. Jill (Biden, sua mulher) e eu rezaremos por cada uma delas", continua o comunicado.
Desde o início da pandemia, os números dos países membros compilados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) registram um total de 5,4 milhões de óbitos por covid-19 em dois anos.

Mas a OMS afirmou na semana passada que a pandemia provocou entre 13 e 17 milhões de mortes no mundo, de janeiro de 2020 a dezembro de 2021, quase o triplo do total do balanço oficial, o que mostra a devastação provocada pela pandemia mais grave registrada no planeta em um século.

Após vários meses de queda nos contágios no país mais enlutado do mundo (seguido por Brasil, Índia e Rússia), Estados Unidos registram há um mês um aumento diário de casos.

A alta acontece em um contexto no qual a máscara deixou de ser obrigatória, embora o uso continue sendo recomendado em ambientes fechados, e a quarta dose da vacina está disponível apenas para pessoas com mais de 50 anos.
O aumento de casos é provocado por subvariantes da ômicron, mais transmissíveis que as cepas anteriores, embora os feitos pareçam menos graves em um país onde 66% da população está vacinada. O índice alcança 90% entre as pessoas com mais de 65 anos.

Europa tem mais de dois milhões de mortos por covid-19

Na Europa, mais de dois milhões de pessoas morreram de covid-19, anunciou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quinta-feira (12).
“Uma etapa devastadora foi ultrapassada, já que o número de mortes por covid-19 declaradas pelos países da região Europa da OMS ultrapassou dois milhões de pessoas”, disse um porta-voz desta agência da ONU as agencias internacionais de noticias.

Deixe um comentário

Leia também

Elon Musk desafia acusadora abuso sexual para descrever como são suas partes íntimas

JSNEWS – Elon Musk disse que a mulher que o acusou de má conduta sexual de ser uma &…